25 março 2009

REQUIEM PELOS VIVOS



O grupo Requiem pelos Vivos nasce em 1985 para concorrer ao Terceiro Concurso de Música Moderna do Rock Rendez- Vous. O grupo é constituído por três músicos de Vila Nova de Foz Côa: Carlos Carvalho (baixo, voz), João Daniel (guitarra) e Pedro Lameiri­nhas (guitarra). Estudando em cidades como o Porto, Coimbra ou Viseu, a música acontecia em férias e ao fim-de­-semana. O grupo forma-se em Dezembro e compõe três músicas. O quarto tema exigido pelo regulamento do concurso obriga a uma viagem extra a Vila Nova de Foz Côa e começa a ser esboçado no comboio. Em 1986 conseguiram chegar ao festival, acom­panhados de um quarto elemento, Vítor Trabulo, o que permitia ao estudante de arquitectura em Viseu, Carlos Carvalho, ocupar-se da voz e da guitarra. Não atingiram as meias-finais mas dão alguns es­pectáculos ao vivo e preparam a participação no concurso do ano seguinte. Em 1987, dá-se a desforra para os Requiem Pelos Vivos, chegando à vitória no concurso, em competição com os Morituri (Lisboa) e os Tranz It (Seixal). No ano seguinte, é publicado na Dansa do Som o maxi correspondente à vitória no concurso, produzido por Flak, dos Rádio Macau. Um disco dificil de realizar, dadas as dificuldades em reunir Carlos Carvalho, João Daniel, que cursava eletrónica em Coimbra, e Pedro Lameirinhas, estudante de marketing em Viseu. O disco reúne os temas «Canção do Marinheiro», «Romaria» (dedicado à Presidência Aberta de Mário Soares no Douro), «Lago da Avenida» e «Casa da Desfolhada» e foi gravado nos estúdios Tcha-Tcha-Tcha. Em 1990 participam, com o tema "A Dança dos Golfinhos", na compilação" Insurrectos" da Área Total. Mudam de nome para Requiem. O grupo assina com a BMG que em 1993 editaria o álbum "Coisa da Mãe Natureza" com os temas "(a minha) Abelha Rainha", "Ter Sempre Por Perto", "Da Minha Janela", "Na Chaminé da Casa Grande", "Entre o Céu e o Medo" , "Na Parede da Muralha Antiga", "Pedir-te Um Dia", "Vasos e Flores", "Pelo Prazer de Jogar" e "Da Cor do Limão". Participaram no disco o violoncelista João Rola, a violinista Maria do Mar e três elementos ligados aos Rádio Macau: Alberto Garcia, João Pires de Campos (Flak) e Filipe Valentim. [Enciclopédia da Música Ligeira Portuguesa]

DISCOGRAFIA


CANÇÃO DO MARINHEIRO [12"EP, Dansa do Som, 1988]


COISAS DA MÃE NATUREZA [CD, BMG, 1993]


ENTRE O CÉU E O MEDO [CD Single, BMG, 1993]

COMPILAÇÕES


INSURRECTOS [LP, Área Total, 1991]

CASSETES
Demo Tape 1987 (4 Temas, 11:47)
Demo Tape 1988 (4 Temas, 15:17)

PRESS
O Adeus às Armas, António Pires, Blitz nº164 de 22-12-1987
Finalmente o Disco, António Henriques, O Portuga nº1 de Nov/Dez 1988
Requiem pelos Vivos, Pedro luso, LP nº11 de 11-01-1989
Requiem vão ao Cinema Filmar, Rafael Gouveia, LP nº13 de 25-01-1989
Bronkas com os Requiem pelos Vivos, Artur Abreu, LP nº25 de 19-04-1989
Novas Danças dos Golfinhos, António Maninha, Blitz nº429 de 19-01-1993

1 comentários:

dj duck disse...

Ainda moram em Foz Côa?