04 abril 2009

DREAD ASTAIRE



Foi numa garagem algures entre Caxias e Paço d'Arcos que os Dread Astaire nasceram. Constituidos por Doc Alien (bateria), Xi Cote (guitarra), Rapha (voz), Pedroca (violoncelo) e Ganzalo (baixo), o grupo demorou largos meses à procura de um nome definitivo. Os ensaios iam acontecendo com uma certa regularidade e uma gravação de uma dessas sessões chegou às mãos de João Paulo Feliciano dos Tina & The Top Ten, que desde logo se interessou pela sonoridade da banda, não hesitando em convidá-los para o "Teenage Drool Festival", no Johnny Guitar. A sonoridade da banda continuou a despertar interesse, tendo depois Adolfo Luxúria Canibal convidado para a primeira parte de um espectáculo dos Mão Morta. Com uma sonoridade original quanto baste, Os Dread Astaire fazem lembrar uma mistura bem dissolvida de doses equivalentes de reggae, hardcore" e dub. Apesar de praticarem um som bastante inovador, compromissos e assinaturas foi coisa que nunca houve. Muito embora tenham chegado a estabelecer contactos com a Sony Music e com a União Lisboa, tudo ficou pelas hipóteses. [Cristiano Pereira]

COMPILAÇÕES


RITUAL ROCK 02 [CD, Xinfrim, 1995]

PRESS
Dú(b)idas & Confusões, Pedro Gonçalves, Blitz nº 537, 14-02-1995
Dread Astaire, Cristiano Pereira, Ritual nº 9 de 1996
Forçar a Corrente, Pedro Gonçalves, Blitz nº 594 de 19-03-1996

0 comentários: