26 abril 2009

KU DE JUDAS



Em 1982, Fernando Serpa (baixo), João Pedro Almendra (voz, guitarra) e Bago D'Uva (bateria) comecavam a ensaiar e a compor, dando ínicio aos Ku de Judas. Inicialmente Almendra era também o baixista da banda, mas Serpa relembra que João Pedro não percebia nada de baixo nem de guitarra, advindo daí a sua alcunha de Autista (imortalizada num grande tema dos Crise Total). Uns tempos depois e perante a ineficiência de alguns elementos procede-se à entrada de João Ribas (guitarra) para a banda e, com a saída de Bago d'Uva, à sua substituição por Carlos Aguilar (bateria). Os ensaios passaram a ser em casa deste, mas não demorou muito para que tivessem que os transferir para a Senófila ou a Harpa, tal era a violencia das descargas decibélicas que comecavam a incomodar a vizinhanca. Mais tarde seriam entrevistados pelo semanário Exito, surgindo a banda em fotografias com os musicos de crista no ar, blusoes de cabedal e correntes, com uma atitude provocadora e rebelde importada directamente da Kings Road londrina, algo nunca antes visto em Portugal. Após a entrevista, tocaram no saudoso Rock Rendez Vouz, a 24 e 25 de Janeiro de 1985, num concerto que foi registado em audio e editado em 1996 pela Fast n'Loud num split CD com outras bandas. Tocaram também na Teia, no Teatro da Comuna e na Cruz Vermelha no Porto. Entretanto, João Pedro Almendra abandonava a banda devido a divergências criativas com Serpa mas sobretudo devido a problemas pessoais. Irá ser membro fundador dos Peste & Sida. Ribas, que sabia todas as letras e já fazia ja coros e segundas vozes, assumiu a voz principal e o grupo passou definitivamente a trio. Já sem João Pedro, tocaram no bar Oceano, no Palmeiras e em Coimbra. Passados uns tempos deram por findas as hostilidades.

COMPILAÇÕES


VOZES DA RAIVA 03 [CD, Fast'n'Loud, 1996]

CASSETES
Rock Rendez Vous, Lisboa 1985 13 29:12

PRESS
O Espectáculo da Militância Punk, Blitz nº55 de 19-11-1985

0 comentários: