17 maio 2009

CONJUNTO ACADÉMICO JOÃO PAULO



No Portugal dos anos 60 surgiram muitos Conjuntos Académicos sendo que um dos mais famosos foi o Conjunto Académico João Paulo, assim chamado no início da sua carreira. Lá mais para o final da sua existência já só era Conjunto João Paulo, tendo retirado o "Académico" do seu nome. O grupo formou-se na Madeira tendo como membros João Paulo, Sérgio Borges (voz), Carlos Alberto, Rui, Moura e Gualberto. Foram contratados pelo empresário Vasco Morgado para realizarem espectáculos no Teatro Monumental. Ainda fora da época daquilo que ficaria conhecido como o "yé yé", começaram por gravar versões de grandes êxitos da canção francesa e italiana, muito apreciados nessa altura. Entre outros, gravaram versões de Adamo, Gilbert Bécaud ou Charles Aznavour, um pouco antes da verdadeira explosão do Rock português por nomes como os Sheiks ou os Ekos. Dada a sua vocação para o puro entretenimento e a ausência de qualquer crítica social nas suas letras, o Conjunto Académico João Paulo passou, por várias vezes, em programas da RTP, havendo disso alguns registos. Em 1966, concorrem inclusive ao Festival RTP da Canção com o tema "Nunca Direi Adeus". Sendo quase consensuais, apostaram comercialmente em várias frentes, uma das quais passou pela gravação de dois singles com a cantora sul-africana Vicky numa, talvez, tentativa, de conseguirem maior penetração nos mercados sul-africanos. Após Sérgio Borges ter ganho o Festival da RTP em 1970, os discos do grupo passaram a surgir em nome de Sérgio Borges e o Conjunto João Paulo. A parte final da carreira desta banda é, musicalmente, mais interessante, notando-se uma aproximação a estéticas musicais mais avançadas, facto que até as próprias capas dos seus discos revelavam. [Aristides Duarte]

DISCOGRAFIA


LA MAMMA [7"EP, Columbia-VC, 1964]


DE NOVO COM JOÃO PAULO [7"EP, Columbia-VC, 1965]


DE NOVO COM JOÃO PAULO [7"EP, Columbia-VC, 1965]


1 DISCO=4 SUCESSOS [7"EP, Columbia-VC, 1965]


MILENA [7"EP, Columbia-VC, 1965]


EM LOURENÇO MARQUES [LP, Columbia-EMI, 1965]


EUROVISÃO 1966 [7"EP, Columbia-VC, 1966]


NO TEATRO MONUMENTAL [LP, Columbia-VC, 1966]


NO TEATRO MONUMENTAL [7"EP, Columbia-EMI, 1966]


POEMA DE UM HOMEM SÓ [7"EP, Columbia-VC, 1967]


L'AMOUR EST BLEU [7"EP, Columbia-VC, 1967]


O LOUCO [7"EP, Columbia-VC, 1967]


KILLIMANDJARO [7"EP, Columbia-VC, 1967]


A SHADOW ROUNDS THE TOMORROW SOUNDS [7"EP, Columbia-VC, 1968]


ANTOLOGIA DA MÚSICA POPULAR PORTUGUESA [LP, EMI-VC, 1978]


OS GRANDES ÊXITOS [CD, EMI-VC, 1993]


HULLY GULLY DO MONTANHÊS [Colecção Caravela] [CD, EMI-VC, 1999]


EU TÃO SÓ: INTEGRAL 1964-1968 [2xCD, iPlay, 2008]

COMPILAÇÕES


PORTUGAL DELUXE 01 [CD, Nortesul, 1997]


OS REIS DO RITMO [CD, EMI, 2003]


PORTUGUESE NUGGETS 01 [LP, Galo de Barcelos, 2007]


PORTUGUESE NUGGETS 02 [LP, Galo de Barcelos, 2007]


PORTUGUESE NUGGETS 03 [LP, Galo de Barcelos, 2007]


ÓCULOS DE SOL 01 [2xCD, iPlay, 2010]


CALOIROS DA CANÇÃO 01 [2xCD, iPlay, 2010]


ÓCULOS DE SOL 02 [2xCD, iPlay, 2011]

5 comentários:

iminalu disse...

O conjunto joão paulo tem muitos temas bons. Espero que a coleccão "tempo do Vinil" possa ressurgir.

Anónimo disse...

Este LP não é um bootleg.

Anónimo disse...

Refiro-me ao EM LOURENÇO MARQUES [LP, Bootleg, 1967]

uns disse...

o referido disco tem o logo da VC

http://guedelhudos.blogspot.com/2008/11/joo-paulo-em-moambique.html

refere

COLUMBIA - 33JSX71 - edição moçambicana (1965)

Este é o primeiro LP português da chamada música pop. Foi editado em 1965, em Moçambique (...)

Bourbonese disse...

Caros Amigos. Mea culpa pela imprecisão pois até já havia lido o post de Mr.Ié Ié. Correcção efectuada. Obrigado.