29 maio 2009

EXPOSIÇÃO NOVA VAGA



Nova Vaga - O Rock em Portugal 1955-1974
Edgar Raposo e Luís Futre, 2008, Câmara Municipal do Montijo
"Nova Vaga - o Rock em Portugal 1955-1974" inclui perto de uma centenas de capas de discos, fotografias, recortes de jornais, instrumentos, posters da época e gravações de bobines que testemunham a força do rock português muito antes daquilo a que se chama o "boom" do rock nos anos 1980. "O rock em Portugal nasceu muito antes disso, só que a história foi sendo apagada após o 25 de Abril", afirmou à Lusa Edgar Raposo, um dos organizadores desta mostra a par de Luís Futre. Na exposição poderão ser vistos discos, muitos deles raridades, de nomes como Quinteto Académico, Conchas, Chinchilas, Pop Five Music Incorporated, Zeca do Rock, Sheiks, Joaquim Costa, Conjunto Mistério e Os Claves, aos quais se juntam grupos formados nas ex-colónias portuguesas e em Macau. A data escolhida para balizar a exposição, 1955, parte do ano em que o rock n´roll foi introduzido em Portugal, sobretudo pelo que se fazia na América, referiu Edgar Raposo. Esta exposição é o resultado de cinco anos de pesquisa destes dois admiradores do rock português e editores da etiqueta discográfica Groovie Records. Muitas das obras expostas pertencem à colecção pessoal dos dois editores, mas houve ainda empréstimos e cedências de material de coleccionadores particulares. Além do que vai estar exposto até finais de Agosto, os dois organizadores fizeram um livro-catálogo quase exaustivo de tudo o que foi editado naquela época.

0 comentários: