16 maio 2009

OS BABIES



Nascido em 1942, José Cid viveu na Chamusca até aos 11 anos e depois foi para Mogofores. Andou em colégios onde encontrou sempre gente que cantava e tocava como por exemplo no colégio dos Jesuítas, em Santo Tirso, onde ganhou um primeiro prémio de canto coral. Em Coimbra, noutro colégio onde esteve, conheceu António Portela e Rui Ressurreição que foram a base da sua aprendizagem musical. Nos tempos livres faziam música enquanto os outros colegas jogavam futebol. Entra aos 14 anos para Os Babies, grupo de Coimbra que provavelmente foi o primeiro projecto rock português a receber influências estrangeiras: Fats Domino, Chuck Berry, Bill Haley, Cliff Richard. A banda era formada por José Cid (rabecão, piano, voz), António Portela (piano, acordeão), António Igrejas Bastos (voz, contrabaixo, bateria) e Rui Nazareth (guitarra, futuro Alfas). Passou ainda pelo grupo, enquanto membro eventual, Luiz Cabeleira (bateria, primo de José Cid, já falecido). No início, Cid só tocava piano, pois o grupo tinha um vocalista que afirmava que ele não era bom para cantar porque tinha voz de menina. Mas o cantor do grupo ficou enrouquecido numa festa de Carnaval, no Hotel da Urgeiriça e José Cid assumiu o lugar de cantor. Nesse dia o público gostou tanto dele que o passeou em ombros pela sala e, desde então, nunca mais parou de cantar. Quando os seus pais, Francisco e Fernanda, descobriram que o filho tocava num grupo teve de lhes dizer que o dinheiro que ganhavam era para instituições de beneficiência. O grupo existiu entre 1958 e 1960, sendo, por muitos, considerado o primeiro grupo rock português. Não deixou, apesar disso, nada registado.

0 comentários: