24 maio 2009

PALMA'S GANG



No ano de 1993, Jorge Palma resolve reunir alguns dos seus colegas de profissão, mas acima de tudo grandes amigos, e partilhar com eles intimamente algum do seu vasto repertório. Uma partilha que não se limitou a ficar pelos convívios particulares entre aqueles cinco "rapazes" mas que foi estendida a todos aqueles que se fizeram deslocar ao Johnny Guitar naquela noite. Logo vista como uma noite memorável, veio mais tarde a ficar "imortalizada" com o lançamento, pela Polygram, da gravação ao vivo do concerto num álbum bem elucidativo de todo o clima que rodeou a presença em palco de tais artistas. O disco, editado pela Polygram, é acima de tudo a interpretação eléctrica de alguns temas históricos do próprio Jorge Palma. Para além disso, o trabalho incluia ainda uma cover do clássico "Walk On the Wild Side", de Lou Reed. Os músicos que faziam parte do projecto eram, para além de Palma (guitarra, voz), Flak (guitarra, Rádio Macau), Zé Pedro (guitarra, Xutos & Pontapés), Alex (baixo, Rádio Macau) e Kalu (bateria, Xutos & Pontapés). A longevidade do projecto é de difícil demarcação havendo registos que no final de 2000 ainda se apresentava ao vivo, certamente sob a forma de reunião entre amigos.

DISCOGRAFIA


AO VIVO NO JOHNNY GUITAR [CD, Polygram, 1993]


AO VIVO NO JOHNNY GUITAR [CD Single, Polygram, 1993]

COMPILAÇÕES


JOHNNY GUITAR: AO VIVO EM 1994 [CD, Johnny Records, 1995]


PORTUGAL AO VIVO [CD, EMI-VC, 2002]

PRESS
Entretenimento Total, António Pires, Blitz nº 396 de 02-06-1992
Plugged!, Miguel Francisco Cadete, Blitz nº 434 de 23-02-1993
Com e Sem Gang, Cláudia Galhós, Blitz nº 523 de 08-11-1994
O Público é uma Extensão do Palco, R.A., Blitz nº 843 de 26-12-2000

2 comentários:

Maçã de Junho disse...

A Agenda, a obra, o universo artístico de Jorge Palma em www.bloguepalmaniaco.blogspot.com

Bourbonese disse...

Obrigado.