31 maio 2009

THE PRAGMATIC



O amor aos sintetizadores analógicos, a arma de eleição dos The Pragmatic, é a base desta banda com sede na cidade norte-americana de Saint Louis, mas em cujas veias corre sangue português. André Anjos nasceu deste lado do Atlântico, oceano que cruzou em 2005 para estudar Gestão de Música. Na universidade, licenciou-se no curso pretendido e conheceu as pessoas com quem viria a partilhar a vida – musical e também pessoal, pois Liz Anjos, que nos The Pragmatic toma conta de sintetizadores e coros, é desde o Verão passado mulher de André. Casaram em Portugal. No último par de anos, André Anjos ganhou o estatuto de «estrela em ascensão» em sites de grande influência como o Hype Machine, graças à banda que criou com o amigo Karl Kling mas sobretudo ao colectivo RAC (Remix Artist Collective), que mantém com dois "desconhecidos" (comunicam apenas pela Internet) e a quem já coube remisturar temas de Justice, Bloc Party ou Tokyo Police Club. Mas a primeira banda a ir «à faca» foram mesmo os Shins, grupo da primeira linha do indie americano que André se lembrou de remisturar na faixa «Sleeping Lessons» – o que nos leva de volta à encarnação (mais) rock de André Anjos e comparsas, os The Pragmatic. Os The Pragmaticsão formados por André Allen Anjos (sintetizadores, programação), Karl Kling (sintetizadores, programação), Liz Anjos (sintetizadores) e Jon Goldstein (bateria).

DISCOGRAFIA


CIRCLES [CD, Optimus Discos, 2009]

COMPILAÇÕES


NOVOS TALENTOS FNAC 2008 [2xCD, FNAC, 2008]

0 comentários: