20 maio 2009

ZYRKUS MAXIMUS



Naturais da Azambuja, os Zirkus Maximus foram um projecto que apareceu e desapareceu num ápice, tendo esse facto sido realmente lamentável pois eram criadores de uma sonoridade complexa e dançavel que, na altura em que surgiram, mais ninguém praticava com a sua competência e vigor. Para quem viveu aquela época pôde concerteza ve-los num promo-clip de "M.A.D." que foi transmitido múltiplas vezes no programa televisivo Pop-Off. Vivia-se a ressaca de uma época de música pop-rock britânica assente na dança e em bandas como EMF ou Jesus Jones. E estes pareciam ter encontrado, à sua medida, sucessores em Portugal. Participaram no 1º Concurso de Musica de Lisboa patrocinado pela Câmara Municipal da cidade, onde foram injustamente afastados da final e no 1º Concurso de Música Moderna de Braga onde causaram muito boa impressão. Contribuiram com um tema, "Jean et Luc", para a compilação "Distorção Caleidoscópica" da MTM e deixaram de dar sinais de vida. A banda era constituída por Sónia (voz), Marco (guitarra, voz) e mais dois elementos cujos nomes desconheço.

COMPILAÇÕES


DISTORÇÃO CALEIDOSCÓPICA [LP, MTM, 1992]


PORTUGAL REBELDE 01 [CD, Global, 1995]

PRESS
Chuvas Ácidas-Feras à Solta, Repórter Estrábico, Blitz nº351 de 23-07-1991
De Regresso ao Johnny, António Maninha, Blitz nº392 de 05-05-1992

3 comentários:

Edward Soja disse...

Nascidos em 1991 - alguém confirma?

:)

Blogger disse...

O tema chamava-se "Jean-Luc dit moi" quando passou no Pop-off

Rui Henriques disse...

Uma pequena retificação:
O tema chama-se "Jean-Luc ecoutez moi". Neste momento o Popoff está a passar na RTP Memória e podem consultar no site todo o descritivo dos programas.