24 junho 2009

AMEN SACRISTI



Grupo originário de Benfica, Lisboa, fundado por Pedro Vargues (baixo) e Tó Trips (guitarra) e Joaquim José Rebelo (bateria, aka Kim). Mais tarde juntar-se-lhes-á Filete (voz). Alguns destes elementos estarão mais tarde na génese dos Lulu Blind. O projecto apresentava-se como uma banda urbana, agressiva e pretensamente independente dos padrões então instituidos, não se preocupando minimamente com a aceitação do público. Debitavam um som sujo que afirmavam ser distinto do de todas as restantes bandas nacionais. Tocaram muito no Rock Rendez Vous e em bares "semi-marginais" como Palmeiras Bar, Noites Longas ou Bar Oceano. Os membros da banda provinham de projectos obscuros como os Brown Sugar e Distorção. Pedro Antunes, o primeiro vocalista, esteve ligado ao nascimento do fanzine "Suicídio Colectivo", posteriormente continuado por Filete, futuro vocalista da banda. Este último provinha dos Deportados (última designação conhecida dos Grito Final). Era assim notável que as origens da banda derivavam do movimento punk da capital. Em 1988, João Queirós assume a função de vocalista e letrista dos Amen Sacristi sendo que, na parte final da vida deste projecto, para além destes, já só faziam parte do grupo os seguintes músicos: Pedro Vargues (baixo), Tó Trips (guitarra), Kim (bateria) e Filete (promoção e marketing). Tinham alguma cumplicidade dos media lisboetas ligados ao circuito da música.

CASSETES
Rock Rendez Vous, Lisboa 1986 (3 Temas, 12:43)
Demo Tape 1987 (4 Temas, 17:08)
Rock Rendez Vous, Lisboa 1988 (6 Temas, 18:48)
Transição, Demo Tape 1989 (1 Tema, 04:37)

PRESS
Olhar, Agitar, Monteiro Fernandes, LP nº10 de 04-01-1989
Depois do Factos, José Faísca, LP nº11 de 11-01-1989

0 comentários: