11 junho 2009

DINOSAUR



Projecto de Sacavem, cuja actividade foi iniciada em Setembro de 1989, quando Tó convida Jorge Courela com vista à formação de uma banda de Speed Metal. O primeiro line up era constituído por ambos e ainda Rui (guitarra), Rolando (baixo, Sarcastic, Massive Roar) e Paulo (guitarra). Após a realização de alguns ensaios, Rui abandona o grupo, sendo substituído, em Fevereiro de 1990, por Mika (guitarra). Em 30 de Abril desse ano, os Dinosaur actuam pela primeira vez ao vivo, num concerto ocorrido na Sociedade 1º de Agosto em Santa Iria de Azóia. Após esta actuação, Paulo deixa o projecto, entrando Eduardo Dico (bateria, também Timeless, Powersource, Sacred Sin, Paranoia) para o seu lugar. Em Maio actuam novamente, desta vez na sua localidade natal. Concorrem ao 1º Concurso de Música Moderna da Câmara Municipal de Lisboa, tocando no Johnny Guitar e já, na segunda fase do certame, no Cais do Sodré, onde o grupo vê a sua actuação interrompida pela organização. Ficaram assim pelas semi-finais, sendo a única banda de heavy metal a chegar tão longe. Face à boa receptividade verificada, começam a ensaiar com maior regularidade. Porém, o facto de terem ficado repentinamente sem local de ensaios, leva a que a actividade seja suspensa durante cerca de três meses. Nessa altura, Dico e Courela dão início a um novo projecto de Thrash Metal. Por sua vez, Rolando, Mika e Tó formam uma banda de Hard-Rock. No final deste hiato, os elementos reconciliam-se e retomam as actividades começando a compor novos temas. Em Janeiro de 1991, o grupo grava a sua primeira demo, "Dinosaur", que incluia 5 temas. Tó deixa os vocais e Courela passa a acumular as funções de vocalista e de guitarrista. Em Junho 1991 gravam 3 vídeos para o programa de TV, "Clip Club", escolhendo os temas "Warfare", "Noise On Peace" e "Life Is For The Living" para o efeito. Em Agosto a banda interrompe a sua actividade devido ao facto de Dico ter que ser alvo de uma intervenção cirúrgica. Esse facto não impede que os restantes elementos do grupo continuem a compôr novos temas. Em Outubro desse ano, iniciam a fase de ensaios dos novos temas que farão parte da segunda maquete contudo. Actuam em Março de 1992 num Festival de Metal ocorrido em Pernelhas, concerto esse acabará da pior maneira, com um dos elementos do grupo a ser cuspido por um elemento da audiência e a banda a recusar-se a tocar mais após 25 minutos de actuação. Dico abandona então a banda para integrar os Estalada Total, entrando para o seu lugar Paulo Alexandre que se tornará o 7º baterista do grupo desde a sua fundação. Em Julho de 1992, os Dinosaur gravam dois novos temas - "Time Stand Still" e "Special Moments of Solitude" e em Setembro gravam uma Promo Tape com o objectivo de conseguir um contrato com a Independent Records, facto que nunca chegará a ocorrer. Em Outubro integram a compilação "The Birth of a Tragedy" editada pela MTM. Já em 1993, o quarteto junta-se novamente no STS Estúdio e grava uma segunda promo tape intitulada "7"EP Promo", constituída por cinco temas. Ainda em Maio de 1993, Mika e Paulo Alexandre saem dos Dinosaur, entrando para o seu lugar Mário (guitarra) e Mário (bateria), sendo que o último concerto do grupo ocorre nas festas de Loures em Agosto de 1993.

DISCOGRAFIA


DINOSAUR [Tape, Edição de Autor, 1991]


7”EP PROMO [Tape, Edição de Autor, 1993]

COMPILAÇÕES


THE BIRTH OF THE TRAGEDY [2xLP, MTM, 1992]


IRMANDADE METÁLICA 03 [MP3, Irmandade Metálica, 2008]


CÍRCULO DE FOGO 05: CONVERGÊNCIAS [MP3, Círculo de Fogo, 2008]

PRESS
Os Speedados do Neanderthal, Pedro Cardoso, Blitz nº348 de 02-07-1991
Dinosaur, Ricardo Braga, Ritual nº3 de 10-1991

0 comentários: