28 junho 2009

DOCE



Um dos grandes responsáveis pela formação do grupo foi o brasileiro Cláudio Condé que era o Presidente da Polygram. A ideia começou, em 1979, na festa de despedida dos Gemini pois Tózé Brito tinha sido convidado para desempenhar o cargo de Director Artístico da Polygram. Os Gemini acabaram em fins de Setembro de 1979 e as Doce começaram em fins de Outubro. O grupo era constituído pelas ex-Gemini Fá e Teresa Miguel e por Lena Coelho (ex-Cocktail) e que tinha substituído Teresa Miguel em alguns concertos dos Gemini. Como faltava uma loura convidaram Laura Diogo, que tinha sido Miss Fotogenia no concurso Miss Portugal do ano anterior e que tinha estado em destaque em alguns certames internacionais. Em Janeiro de 1980 é editado o single "Amanhã de Manhã" que obtém um grande sucesso. Logo a seguir concorrem ao Festival da Canção com o tema "Doce" que fica em 2º lugar. Em Março de 1980 é editado o álbum "OK KO". O disco consegue atingir o galardão de disco de prata. Em Março de 1981 voltam a participar no Festival da Canção com "Ali-Bábá - Um Homem das Arábias" que fica em 4º lugar. Em Outubro desse ano é editado o álbum "É Demais". Um dos temas, "Eu Sou", é cantado a solo por Laura Diogo desmentindo assim os boatos de que não cantava e que tinha o microfone fechado. Estoira o "boato Reinaldo", segundo o qual Laura Diogo teria sido hospitalizada após ter tido relações sexuais com o futebolista do Benfica. O grupo perde espectáculos e diminuíram as vendas de "É Demais", que estava a caminho de disco de ouro. Em Março de 1982 vencem o Festival da Canção com o tema "Bem Bom". Em Harrogate, na Inglaterra, ficam em 13º lugar. O grupo edita as suas canções em Espanha, Estados Unidos e Canadá. Em 1983 gravam várias canções em inglês. O single "For The Love Of Conchita" foi um dos grandes sucessos desse ano. Lena Coelho casa-se em Julho de 1983. É editado na América do Norte um disco com versões inglesas de várias canções do grupo. Editam o single "Quente, Quente, Quente" com a participação de Rui Veloso na harmónica. Em 1984, as Doce regressaram ao Festival da Canção com o tema "O Barquinho da Esperança", da autoria de Pedro Ayres Magalhães e Miguel Esteves Cardoso. Em Maio de 1985, devido à gravidez de Lena Coelho, esta é substituída por Fernanda Sousa. Quando Lena Coelho regressa, em Outubro de 1985, Fátima Padinha sai do grupo. O grupo dissolve-se em 1986. É editada a compilação "Doce 1979-1987"que inclui um tema inédito, "Rainy Day". O disco inclui os maiores sucessos do grupo mas "Bem Bom" surge apenas na versão inglesa. [A Magia dos Anos 80]

DISCOGRAFIA


AMANHÃ DE MANHÃ [7"Single, Polygram, 1980]


DOCE [7"Single, Polygram, 1980]


OK KO [7"Single, Polygram, 1980]


OK KO [LP, Polygram, 1980]


ALI-BÁBÁ [7"Single, Polygram, 1981]


É DEMAIS [7"Single, Polygram, 1981]


É DEMAIS [LP, Polygram, 1981]


BEM BOM [7"Single, Polygram, 1982]


FOR THE LOVE OF CONCHITA [7"Single, Polygram, 1983]


STARLIGHT [7"Single, Polygram, 1983]


QUENTE, QUENTE, QUENTE [7"Single, Polygram, 1984]


O BARQUINHO DA ESPERANÇA [7"Single, Polygram, 1984]


DOCE 1979-1987 [LP, Polygram, 1986]

COMPILAÇÕES


NOVÍSSIMAS [7"Single, Selecções do Reader Digest, 1981]


FEBRE DE SÁBADO DE MANHÃ [3xCD, EMI, 2006]


LUSO POP [CD, iPlay, 2008]

PRESS
As Demais, Blitz nº 841 de 12-12-2000

2 comentários:

ctb disse...

boom de 80? falta uma ou duas compilações recentes

Bourbonese disse...

E porque não?