11 junho 2009

SACRED SIN



Os Sacred Sin formaram-se em Sintra, no Verão de 1991, e em Outubro desse ano já haviam gravado a sua primeira demo. A constituição do projecto de black metal era, à data da sua formação, a seguinte: José Costa (voz, baixo, também Paranormal Waltz, Corpus Christii, Justabout, Lordship, Veracruz, Massacre, Disaffected, Enforce, Crystal Dragon, Dark Tales, Annwn, Masque of Innocence), Nuno Gonçalves (guitarra, Crystal Dragon, Paranormal Waltz), Pedro Miguel (guitarra, Crystal Dragon, Paranormal Waltz, Undertaker, Drakkar, Magnitude 9) e Diogo Pereira (bateria). Em Setembro de 2002 registam em estúdio quatro novos temas para inclusão no seu primeiro vinil, um 7" EP editado pela Slime Records em Portugal e Wild Rags Records nos EUA. O reconhecimento começa a ser alcançado progressivamente e a banda angaria um bom núcleo de fans. Na Primavera de 2003 são contratados pela Música Alternativa e entram nos Edit Sudio para, com a produção de Jorge Adonis, gravarem aquele que será um disco de referència na área do death metal em Portugal, "Darkside". Tocam então, com esse cartão de visita aclamado por críticos e melómanos, com os Napalm Death e Manowar e são convidados para tocar no "Headbangers Ball Video Road Show". Em Abril de 1995 entram novamente em estúdio para gravar, agora com selo da Dínamo/BMG Ariola, o seu novo álbum, "Eye M God". Protagonizam uma Tour europeia tocando com bandas de renome. Os seus vídeo-clips rolam na MTV e no canal Viva. Assinam em 1998 pela Uniao Lisboa/Farol e editam o terceiro álbum de originais, "Anguish I Harvest" que é editado em Inglaterra pela Dream Catcher que assegura também a distribuição europeia. Em Novembro assinam pela britânica Demolition Record para a qual gravam "Translucid" e "Dream Mirror", este último já em 2000. Muitos músicos passaram pela banda desde a sua fundação: To Pica (guitarra entre 1991 e 1999, Thugnor, Anti-Clockwise, Ramp), Rui Dias (guitarra, entre 1991 e1994, Kassefazem, Necrophiliac), Quito Nishal (guitarra entre 1994 e 1996), Carlos Caseiro (teclas entre 1991 e 1996, Dark Tales), Artur Jorge (teclas entre 1996 e 1999, Dark Tales), Miguel Mourão (bateria entre 1991 e 1993, Afterdeath, Necrophiliac), Eduardo Dico (bateria entre 1993 e 1994, Dinosaur, Timeless, Powersource, Estalada Total, Paranoia), Nuno (bateria entre 1994 e 1996), Joaquim Aires (bateria entre 1996 e 1999, Disaffected, Decayed, Angel), Danilo Warick (bateria entre 1999 e 2001), José Gonçalves (bateria, Silent Scream, Devileech, Fallacy, Arte Sacra) e Rolando Barros (bateria, Grog, Neoplasmah, Nephtys).

DISCOGRAFIA


PROMO TAPE 1991 [Tape, Edição de Autor, 1991]


THE SHADES BEHIND [7"Single, Slime Records, 1992]


DARKSIDE [CD, Musica Alternativa, 1993]


DARKSIDE+LIVE EP [CD, Musica Alternativa, 1994]


EYE M GOD [CD, Dínamo, 1995]


EYE M GOD [CD Single, Dínamo, 1995]


REHEARSAL TAPE [Tape, Edição de Autor, 1997]


ANGUISH I HARVEST [CD, Uniao Lisboa, 1998]


TRANSLUCID DREAM MIRROR [CD, Demolition, 2001]


MASTERY OF HOLY IMPERIAL ART [CD, Blackened Moon, 2002]


HEKATON: THE RETURN TO PROMORDIAL CHAOS [CD, Demolition, 2003]


DAWN OVER DESOLATION [CD, Edição de Autor, 2006]

COMPILAÇÕES


THE BIRTH OF A TRAGEDY [2xLP, MTM, 1992]


MUSIC FOR THE DEAD MASSES [CD, Noise Solution, 1999]


20 ANOS DE TARÂNTULA: TRIBUTO [2xCD, Recital Records, 2001]

IRMANDADE METÁLICA: UNIDOS PELO METAL [DVD, Mediabanger, 2008]


CÍRCULO DE FOGO 08: ETERNA [MP3, Círculo de Fogo, 2009]

PRESS
Um Pecado Original, António Freitas, Blitz nº 517 de 27-09-1994
Tocar Heavy Metal é um Risco, Jorge Dias, Público nº2097 de 06-12-1995
A Vontade de Deus, António Freitas, Blitz nº 586 de 23-01-1996
Velocidade de Ponta, Cameraman Metálico, Blitz nº 613 de 30-07-1996
Nem só de Angústia vive o Homem, José Rodrigues, Blitz nº 734 de 24-11-1998
Longa se Torna a Espera, José Rodrigues, Blitz nº 861 de 30-04-2001
Agora e Para Sempre, Dora Carvalhas, Rock Sound nº 14 de 01-2004

0 comentários: