21 junho 2009

SALADA DE FRUTAS



Inicialmente criado em 1979 como um trio chamado Dia d'Água, formado por Lena d'Afgua (voz), Luís Pedro Fonseca (teclas, ex-Chinchilas) e Zé da Ponte (baixo, ex-Homo Sapiens) gravaram um disco infantil intitulado "Qual é a Coisa? Qual é Ela?" Em Setembro de 1980, mudam de designação ao projecto e fundam os Salada de Frutas, lançando logo de seguida o álbum "Sem Açúcar", editado na Rossil, um disco com uma sonoridade próxima dos anos 60 e apelando a um certo gosto ecológico avant la lettre, que representava, mais ou menos, a sobrevivência em pleno da cultura freak da década do Woodstock no Portugal de 1980. Teclista e compositor principal do grupo, Luís Pedro vinha dos Chinchilas. Ascensão e Queda ou Avante Robot! são duas designações possíveis para o ano de 1981, pouco doce da banda. No princípio do ano, o trio original abdicara da decisão inicial de fazer dos Salada uma formação pequena para se alargar a Guilherme Inês (bateria) e Zé Carrapa (guitarra). Pelo caminho, Luís Pedro Fonseca e Zé da Ponte tinham-se tomado responsáveis pelo repertório nacional de uma nova editora, a Edisom, para a qual iria ser gravado o segundo álbum do grupo. Durante o ano, os Salada lançam "Robot", um single muito popular de tendências new wave. Apesar do ambiente «tecnológico» da música chocar o sabor dietético e sixties do álbum de estreia, o disco vendeu mais de 30 mil exemplares, uma sensação para um grupo português na época e popularizou de vez a imagem dos Salada e de Lena d'Água. Em Julho, sabe-se que o segundo álbum será gravado em Setembro nos estúdios de Hilversum, na Holanda, onde os Police haviam gravado Zenyatta Mondatta. Só que Lena d'Água e Luís Pedro Fonseca não viajariam para a Holanda, nem ali seriam gravados alguns dos temas já escritos pelo teclista para o disco, como «Olhos d'Água» e «Tanahora», este com letra da cantora. Em Setembro houve, sim, um verdadeiro golpe de Estado na banda que partiu a Salada de Frutas em dois. Tudo aconteceu na Festa do Avante!, no Alto da Ajuda. Após a actuação do grupo, Luís Pedro Fonseca é informado,pelos três outros instrumentistas que Lena d'Agua havia sido expulsa, por decisão maioritária que envolvia apenas um dos três fundadores, Zé da Ponte. Luís Pedro da Fonseca, obviamente, também sai. O verniz estala de vez. Lena d'Água acusa os antigos companheiros de grupo de machismo. Para completar o golpe, Zé Nabo, então baixista da Banda Sonora de Rui Veloso, é contratado para a Salada de Frutas na mesmíssima Festa do Avante! Para substituir Lena d' Agua entra Carlos Pereira, o antigo vocalista dos Chinchilas, que entretanto se afastara da música. Para as teclas entra Quico. Ainda a poeira da polémica estava por dissipar e já os cinco Salada partiam para a Holanda. No fim do ano, estavam de volta com um novo álbum: Se Cá Nevasse, com produção executiva de Ton van der Bremmer. O álbum é criticado pela tentativa do grupo em soar "à la Police". Em 1982. os Salada de Frutas gravam o terceiro álbum, "Crime Perfeito", de novo na Edisom, onde trocam as canções de apelo imediato por um som mais elaborado e instrumental, onde pos­sam explorar o seu virtuosismo. O público reage mal ao álbum, os concertos não correm da melhor forma e a banda acabará no seu seguimento. [Enciclopédia da Música Ligeira Portuguesa]

DISCOGRAFIA


COMO SE EU FOSSE TUA [7"Single, Rossil, 1980]


SEM AÇUCAR [LP, Rossil, 1980]


ROBOT [7"Single, Edisom, 1981]


SE CÁ NEVASSE [7"Single, Edisom, 1982]


SE CÁ NEVASSE [LP, Edisom, 1981]


U.S.80 [7"Single, Edisom, 1981]


CRIME PERFEITO [LP, Edisom, 1982]


LOS BANDIDOS [12"Maxi, Edisom, 1983]

COMPILAÇÕES


O MELHOR DO ROCK PORTUGUÊS 1979-1985 [CD, EMI-VC, 2004]


COLECÇÃO MOVIEPLAY [CD, Movieplay, 2004]


PORTUGAL REMIX [CD, Som Livre, 2005]


FEBRE DE SÁBADO DE MANHÃ [3xCD, EMI, 2006]

PRESS
Salada à La Tulipa, Célia Pedroso, Música & Som 70, 02-1982 [CAPA]
Alò Alô D.Rosa, Luís Pinheiro de Almeida, Blitz nº776 de 14-09-1999

1 comentários:

Edgar Cavaco disse...

A contracapa do single Robot não é a correcta. Existe uma reprodução da correcta, embora com pouca resolução, no blog da Lena d'Água.