11 junho 2009

THORMENTHOR



Almada, 1987: os Thormenthor foram pioneiros na exploração da sonoridade death black metal e ganharam grande popularidade com as três maquetas editadas até 1989 ("Corpus Dissectus" e "Into The Death", ambas em 1988 e "Self Immolation" em 1989). O grupo sofreu várias transformações, restando apenas da sua formação original o vocalista e guitarrista João Miguel Fonseca (futuro Bizarra Locomotiva, Lesma e Mofo). Os restantes elementos do line-up inicial eram Rui A. (bateria) e Helder G. (baixo). O selo independente Slime Records editou, em 1991, o single "Dissolved in Absurd" e no ano seguinte os Thormentor participaram na colectânea "The Birth of a Tradegy". A reunião destas músicas surgirão mais tarde na compilação "Mortuary Vol.1". Em 1994 foi editado o CD "Astract Divinity" pela Morgana Records onde se destacava a participação de Pedro Quaresma na guitarra (futuro Da Weasel), Joao Paulo Dias (baixo, voz, futuro Hate Over Grown) e Pedro Campos (bateria, ex-Suicida), bem como obviamente o seu líder, João Miguel Fonseca. Após a demissão da editora, os Thormenthor entraram em mais uma fase de limbo registando-se mais mexidas na sua formação e raras aparições ao vivo na sua terra natal, Almada. Passaram ainda pela banda Luis Dorival (guitarra, futuro Poetry of Shadows) e Nuno Castedo (bateria, futuro More República Masónica). Alguns dos elementos da banda estão nos Mofo.

DISCOGRAFIA

CORPUS DISSECTUS [Tape, Edição de Autor, 1988]


INTO THE DEATH [Tape, Edição de Autor, 1988]


SELF IMMOLATION [Tape, Edição de Autor, 1989]


DISSOLVED IN ABSURD [Tape, Edição de Autor, 1991]


DISSOLVED IN ABSURD [7"EP, Slime Records, 1991]


ABSTRACT DIVINITY [CD, Morgana Records, 1994]


DISSOLVED IN ABSURD [12"Maxi, Raging Planet, 2012]

COMPILAÇÕES


THE BIRTH OF A TRAGEDY [2xLP, MTM, 1992]


MORTUARY 01 [CD, Skeleton, 1993]


HIGH RADIATION 01 [CD, Independent Records, 1995]

PRESS
Pulverizar o Absurdo, Pedro Cardoso, Blitz nº392 de 05-05-1992
Fazer as coisas mais Imagináveis, Jorge Dias, Público nº1743 de 14-12-1994
Imaginário Expandido, António Pires, Blitz nº540 de 21-03-1995

0 comentários: