07 julho 2009

DAVID FONSECA



Falar de David Fonseca implica, obrigatoriamente, falar de Silence 4 , mas a verdade é que a carreira a solo do músico já tem material para se fazer valer sozinha. Com a banda leiriense, David Fonseca atingiu o estrelato, graças a temas como "'Borrow", "A Little Respect", "My Friends" e "Only Pain Is Real". O sucesso ultrapassou fronteiras e a banda foi convidada para fazer concertos em várias partes da Europa. No início do século XXI, David Fonseca apostou numa carreira a solo e o primeiro fruto surgiu com a edição do álbum "Sing Me Something New". Gravado nos estúdios do produtor Mário Barreiros , durante o primeiro trimestre de 2003, o disco foi posteriormente masterizado em Nova Iorque, nos estúdios Sterling Sound, a cargo do conceituado engenheiro de som George Marino, que tem o seu nome ligado a trabalhos dos Coldplay , Rollins Band, The Dandy Warhols e Sepultura , entre outros. "Sing Me Something New" é o título do álbum de estreia de David Fonseca, cujo single de apresentação, 'Someone That Cannot Love', teve presença garantida nos airplays radiofónicos em Portugal, bem como 'The 80's', tema eleito como tema de campanha de uma empresa de telecomunicações. Em 2004, o músico participou no projecto Humanos, ao lado de nomes como Manuela Azevedo e Camané. O sucesso do disco culmina em três concertos memoráveis nos Coliseus de Lisboa e Porto e num espectáculo para 40 mil pessoas no Festival Sudoeste 2005. Enquanto isso, David Fonseca foi preparando o seu segundo longa-duração, cuja primeira amostra tem por título 'Who Are U?'. Composto por 10 temas, um dos quais em português, "Our Hearts Will Beat As One" chegou às lojas em Outubro de 2005 e contou com a participação do baterista Sérgio Nascimento (Humanos, Sérgio Godinho), do guitarrista Ricardo Fiel, da ex-Atomic Bees Rita Pereira no piano, do baixista Nuno Simões e de Paulo Pereira no hammond e programações. O processo de gravação foi sendo dado a conhecer no site do músico, onde David Fonseca descreveu o seu segundo trabalho como «assustadoramente pessoal». [Paulo Rico]

DISCOGRAFIA


SING ME SOMETHING NEW [CD, Universal, 2003]


SOMEONE THAT CANNOT LOVE [CD Single, Universal, 2003]


THE 80'S [CD Single, Universal, 2003]


WHO ARE U? [CD Single, Universal, 2005]


OUR HEARTS WILL BEAT AS ONE [CD, Universal, 2005]


HOLD STILL II [CD Single, Universal, 2005]


OUR HEARTS WILL BEAT AS ONE [CD Single, Universal, 2006]


SUPERSTARS [CD Single, Universal, 2007]


ROCKET MAN [CD Single, Universal, 2007]


DREAMS IN COLOUR [2xCD, Universal, 2008]


DREAMS IN COLOUR LIVE [2xDVD, Universal, 2008]


DREAMS IN COLOUR LIVE [Box, Universal, 2008]


DREAMS IN COLOUR LIVE [CD, Universal, 2008]


DREAMS IN COLOUR LIVE [DVD, Universal, 2008]


KISS ME OH KISS ME [CD Single, Universal, 2008]

ORANGE TREE [CD Single, Universal, 2008]


A CRY 4 LOVE [12"EP, Universal/Rastilho, 2009]


BETWEEN WAVES [CD+DVD, Universal, 2009]


CHRISTMAS 2009 [CD Single, Amazing Cats Club, 2009]


SEASONS: RISING:FALLING [Edição de Luxo] [2xCD, Universal, 2012]


SEASONS: RISING [CD, Universal, 2012]


SEASONS: RISING [CD, Universal, 2012]

SEASONS: FALLING [CD, Universal, 2012]


CHRISTMAS 2012 [CD Single, Amazing Cats Club, 2012]


CHRISTMAS SONGS [CD, Blitz, 2015]

COMPILAÇÕES


BLITZ APROVA OS MELHORES DE 2007 [CD, Blitz/Sony, 2007]


LEOPOLDINA [CD, Continente, 2010]

PRESS
Em Solo Próprio, Rita Guerreiro, Blitz nº 968 de 06-05-2003
Uma Questão de Tempo, Gonçalo Frota, Blitz nº 968 de 20-05-2003
Em Entrevista, Alexandre Martins, Raio X nº 53 de 06-2003 [CAPA]
Sing Another Song, Boys, Eduardo Sardinha, Blitz nº 973 de 24-06-2003
20 Anos, 52 Pessoas, Ana Ventura, Blitz 1051 de 21-12-2004
O Amor Traz Medo, Ana Ventura, Blitz 1094 de 18-10-2005 [CAPA]
Super Pop Limão, Luís Guerra, Revista Blitz 16, 10-2007
Encostado à Parede, Revista Blitz 17, 11-2007
O Verão Azul, Lia Pereira, Revista Blitz 26, 08-2008 [CAPA]

1 comentários:

sd disse...

A edição do disco "Dreams" deve ser de 2007 e em 2008 houve uma reedição. Não sei se o disco da caderneta de cromos não terá o genérico da autoria de DF

Penso que o single com a Rita Redshoes estará (ou poderia estar) na discografia dela.