19 julho 2009

FLASH

Deste grupo do Porto praticamente nada conheço, a não ser que, para além de ter editado um single muito kitch a roçar o synth pop e que o seu mentor era Américo Monteiro, autor das letras e da música. Para a gravação do referido registo contou com a colaboração de Ramon Galarza (bateria), Luís Duarte (baixo) e Pi (guitarra). O autor encarregava-se das teclas. Penso que este Américo Monteiro esteve mais tarde ligado a orquestrações feitas para canções concorrentes ao Festival da Canção da RTP, mas não estou completamente seguro sobre se se trata da mesma pessoa. Alguém pode ajudar?

DISCOGRAFIA


MÚSICA ELECTRÓNICA [7"Single, Discos Belter, 1982]

6 comentários:

afons disse...

Américo Monteiro é o nosso bem conhecido Emanuel. Com o seu verdadeiro nome lançou um ou outro single.

Nas décadas de 60 ou 70 houve vários lançamentos nacionais através da Belter. Em 80 e pouco apenas me lembro de um disco da Belter - o conhecido "Prohibido" do espanhol Bachelli.

Bourbonese disse...

Ora aqui está um comentário com teor completamente inesperado. Nuynca pensei que o Emanuel tivesse feito música com grandes influências de alguns sons típicos da new wave... O homem esteve em todas!!! Obrigado pela informação.

Anónimo disse...

Realmente tinha conhecimento que o Emanuel utiliza varios psedonimos conforme o estilo musical que produz, mas sempre pensei que seria apenas depois de ter o seu projecto popular "Emanuel", visto as mentes dos tugas não compreenderem que uma so pessoa pode criar varios tipos de musicas, mas nunca pensei que antes do Emanuel já o fizesse tambem. Parabens a quem fez este blog. Fiquem fã. Obrigada*

Inês disse...

Ja agora fiquei curiosa, por acaso este blog tem mais algum vnyl em que o Emanuel, neste caso Americo Monteiro, tenha participado? Obrigada

Bourbonese disse...

Não conheço mais nenhum mas é como digo: também não sabia que estes Flash lhe estavam relacionados...

afons disse...

O Américo Monteiro deve ter começado a editar em 1984. Num dos primeiros Blitz tem um anúnico com um disco dele e outro artista representado pela VIMAPA (que deveria ser a Belter)