01 setembro 2009

OPERA NOVA



Grupo de Cascais formado em 1980. Os elementos do grupo eram Luís Beethoven (voz, futuro membro dos No Data), Pedro Veiga (teclas) e Manuel Andrade Rodrigues (teclas). O mentor do primeiro single foi Pedro Veiga, que tirou a ideia do tema "Sonhos" a partir de um disco de Donna Summer. Como era muito técnico e inteligente em matemática e em programar computadores, fez várias junções entre sequenciadores e sintetizadores monofónicos que utilizavam na altura e em estúdio puderam usar material polifónico emprestado. Manuel Rodrigues participou em algumas horas de estúdio (colocou dois acordes com som de piano num teclado caseiro) e na sessão de fotos mas saiu do grupo ainda antes da edição do disco de estreia. Já com o disco gravado, entra Braunyno da Fonseca, nome que fora sugerido ao grupo por Nuno Canavarro (Street Kids). Assim, em 1983 é editado o single "Sonhos" com produção de Carlos Maria Trindade (Heróis do Mar). A edição em máxi-single incluía a versão longa de "Sonhos" no lado A e os temas "Luar" e "Palavras" no lado B. Venderam mais de 10.000 discos. O grupo torna-se um duo, com Veiga e Braunyno, após a saída de Beethoven. Passam a utilizar alguns instrumentos acústicos. João Marques (trompete) e Renato Júnior (saxofone) foram alguns dos músicos que participaram em ensaios do grupo. Editaram um novo single, em 1984, com os temas "México" e "Western". O disco, produzido e gravado em 12 horas no Angel Studio, nos dias 22 e 27 de Dezembro de 1983, incluía várias referências da cultura musical, desde Kid Creole até New Order. O grupo terminaria pouco tempo depois. [A Magia dos Anos 80]

DISCOGRAFIA


SONHOS [7"Single, Polygram, 1983]


SONHOS [12"Maxi, Polygram, 1983]


MÉXICO [7"Single, Polygram, 1984]

0 comentários: