19 setembro 2009

THREE AND A QUARTER



Formados em Algés em 1996, os Three and a Quarter são Alex Klimovitsky (voz, guitarra, saxofone, baixo, kazoo), Guillermo Landín (bateria, baixo, guitarra, percussão, trompete) e Sebastiano Ferranti (baixo, bateria, gaita de foles). A banda é constituída por um espanhol que tem cá residência ao qual se juntaram um americano e um inglês. Em 1997 editam uma maquete que incluia os temas "Skunk", "Green Eggs and Ham", "Ego Trip", "Some stuff w/Clarinet", "Givin'It Back" e "Chop Sticks". Rapidamente conseguiram alguma exposição com concertos em festivais e ganharam em 1998 alguns prémios com as suas primeiras músicas. Foi durante esse ano que foram capa do Blitz e editaram no Verão o MCD "Quality Times" em regime de auto-edição. Já em Fevereiro de 1998 havia sido anunciada a edição em Maio de um single pela Low Fly Records, situação que se forou por motivos que desconhecemos. Depois de se terem separado para dar continuidade à sua vida académica, acabaram por fazer uma breve pausa nos seus estudos para gravar o álbum de estreia. "Chubby Dubby" tem nomes de peso na sua ficha técnica: a produção foi da responsabilidade de Jason Corsaro (Madonna, Soundgarden e Moby) e a masterização de Howie Weinberg (Nirvana, Beastie Boys, U2). A secção de sopros deveu-se ao New-York Ska-Jazz Ensemble. Depois de, em 2002, terem feito uma digressão por todo o território norte-americano, regressam a Portugal com as licenciaturas na mala e com o intuíto de lançar "Chubby Dubby" no mercado nacional, tendo igualmente sido escolhidos para bandas sonoras de filmes, nacionais e internacionais, de surf, snowboard e bodyboard. Após a dação de concertos e de algum airplay em algumas rádios, os Three and a Quarter regressaram à estrada, sempre com um humor aguçado e uma alegria contangiante que não deixa ninguém indiferente. São uma das mais estimulantes bandas nacionais e ads poucas a praticar um puk reggae, com influências ska cá no burgo. O espírito dos The Clash, The Police ou Bad Brains vive!

DISCOGRAFIA


QUALITY TIMES [CD, Edição de Autor, 2000]


CHUBBY DUBBY [CD, Jahnotion Records, 2001]


FAVORITE SONG [CD Single, Jahnotion Records, 2001]

COMPILAÇÕES

GROUP THERAPY (LATE FOR SESSION) [CD, Odd Records, 1998]


CAN WE RUIN YOUR HEARING? [CD, El Cartel, 2000]


PROMÚSICA 39 [CD, Promúsica, 2000]

EAT AT THE POTHOLDER [CD, Long Beach Records, 2003]
20TWENTY [CD, Represent:Music, 2005]
MORE PROPAGANDA [CD, Long Beach Records, 2005]

PRESS
Em Skape Livre, Miguel Francisco Cadete, Blitz nº 688 de 06-01-1998
Destaques, Promúsica 39 de 04-2000
Para Lá do Ska, Pedro Trigueiro, Rock Sound nº 5, 03-2003
Os Regressados, Rita Guerreiro, Blitz 997 de 09-12-2003

5 comentários:

rc disse...

o skunk aparece na compilação que já referi da Promusica com os vencedores dos Prémios Maqueta.

Anónimo disse...

Onde é que eu posso comprar cd's originais de three and a Quarter?

Bourbonese disse...

Em lojas de discos usados é frequenter ver sobretudo o "Chubby Dubby". Ainda esta semana o vi na Carbono em Lisboa...

Pedro Pereira disse...

Pá... eu tive com o "Quality times" nas mãos e não levei para casa. Depois disso não me cruzei com ele... talvez um ida...

Carca disse...

Eu comprei o Quality Times em Março deste ano, numa feira do disco que volta e meia aparece entre o metro do Oriente e o CC Vasco da Gama.

Tinha lá mais coisas Portuguesas de difícil acesso, incluíndo um CD de X-Acto com a caixa toda partida pelo qual estavam a pedir 50 €!