07 novembro 2009

BAL ONIRIQUE



Nebulosa e perdida nas areias do tempo, essa parece ser a origem dos Bal Onirique (nome bebido no Surrealismo, mais concretamente ao tributo de despedida a Salvador Dali aquando da sua passagem pelos EUA). Contudo, a estabilização num projecto mais sólido e coerente sobreveio algures nos idos de 2004, aquando da fixação do colectivo em cinco elementos com um carácter de permanência duradoura: Paulo (voz, ex-Martyrium), Francisco (baixo), David (Ex-Hospital Psiquiátrico, ex-Mysterium), Jorge (guitarra) e Alberto (bateria, ex-Hospital Psiquiátrico, ex-Martyrium). Seria, mesmo assim, necessário aguardar dois anos pela gravação de um primeiro registo, incluindo as faixas "Jadis et Naguère" e "Slow Lane". Destes temas, apenas o primeiro fez parte de um CDR a título de Promo-Track. Estas duas composições, gravadas por Gonçalo Vasco (1978) e produzidas por David Reis (Trauma, Phantom Vision, Manifestus, In Tempus), revelam uma sonoridade gótica coesa e vincada, fruto, não só, da experiência dos músicos mas, acima de tudo, do amadurecimento e concretização das ideias desde a formação do projecto até ao momento da sua gravação. Apesar disso, pouco tempo após a edição do promo, Jorge abandona o grupo, reduzindo-o, assim, para quatro elementos. Tal não desmotivou os restantes elementos que continuaram com a mesma tenacidade e garra a ensaiar e a compôr. Trabalhando quase que no segredo dos deuses, só em 2009 apresentarão novas composições - "Elixir Rubeus" e "Lovers Suicide". Não se desviando muito da sonoridade anteriormente apresentada, os temas são possuidores de uma beleza de arranjos simples, mas eficaz, e de um refinar da estética poético-musical, factos que demonstram, indubitavelmente, que o projecto sabe perfeitamente os caminhos que trilha, um tipo de som marcadamente pós-punk mas não hermeticamente fechado naquilo que se designou de rock gótico. Aliás, o ano de 2009 viu-os renascer em força, sendo referenciados em "Music To Die For", o último livro de Mick Mercer e participando na compilação espanhola denominada "La Tierra de Los Sueños Vol.4" lançada pelo site Gente Gótica. Em 21 do corrente mês estrear-se-ão ao vibo no Bar Maus Hábitos, no Porto, onde se prevê que farão o lançamento do 7"Single "Elixir Rubeus Morrer, Dormir, Sonhar, Amar... Talvez...!!!", bem como de um Promo CD que incluirá três novas faixas. [Paulo Martins]

DISCOGRAFIA


JADIS ET NAGUÈRE [MP3, Edição de Autor, 2007]


DEMOS 2008 [MP3, Edição de Autor, 2008]

COMPILAÇÕES


LA TERRA DE LOS SUEÑOS 04 [MP3, Gente Gótica, 2009]

2 comentários:

Anónimo disse...

grande som! voçes é que são os goticos! fazem falta, no festival Entre Muralhas. Bjs a todos

Anónimo disse...

Bal Onirique é curtido. São os Fans de capela das almas, uma extinta banda dos anos 90, tocaram no passado fim de semana no hard club, musicas dessa banda.