10 fevereiro 2010

ORFEU REBELDE



Concebido por Fernando Ribeiro (voz, Moonspell), Rui Sidónio (voz, Bizarra Locomotiva) e Pedro Paixão (voz), o projecto Orfeu Rebelde foi iniciado em Lisboa em 2009, tendo sido propositadamente elaborado para gravar um disco para a Optimus Discos. Sobre textos da obra "Orfeu Rebelde" de Miguel Torga, nasceu assim um trabalho hermético que tanto pisa os terrenos do spoken word, como planeia sobre áreas do metal ou industrial. Masterizado por Fernando Matias no Estúdio The Pentagon, a ideia não ficou nada mal, embora se sinta tratar de algo efémero. As palavras ao seu mentor, Fernando Ribeiro: "Este trabalho brota de diversas nascentes que, em boa hora, se reuniram dando origem a este turbilhão de palavra, voz e som que o colectivo O.R. vos apresenta. A primeira palavra vai para o poema de Miguel Torga que me fascina e provoca desde a tenra maturidade. Todo o poema é um desafio feito através da voz, do canto, do clamor, da angústia assumida. Para me ajudar a vocalizar esta revolta e conquista convidei o Sidónio dos Bizarra Locomotiva que já me acompanhou noutros cantares de terror e beleza. As suas qualidades narrativas são preciosas, são poesia dita pelo músculo e muito lhe agradeço a honra de seu grito neste projecto. Por fim, dirigi-me à pessoa, que na sombra ou fora dela, mais tem feito pela minha banda de sempre, pela minha única banda, os Moonspell, e que, mais uma vez, não renegou a prometaica tarefa de musicar, com classe e escuridão, as palavras do Torga, reunidas por mim e divididas por ele, entregues à nossa voz e às suas guitarras e ambientes. Profundo e eterno agradecimento. Cada som como um grito é um trabalho diferente. Dizemos o Português gritando, o Português de Torga, duro mas belo, cerimonial mas envolvente".

DISCOGRAFIA


CADA SOM COMO UM GRITO [CD, Optimus Discos, 2009]

2 comentários:

Paulo Martins disse...

Quando vi o título pensei nos de Braga dos 80's ;-)

Bourbonese disse...

Esses eram outros... Aguarda-se edição de respectiva ficha já na forja...