01 maio 2010

ACADEMIA DA EUPHORIA



Praticantes de um som pop cristalino e limpo com influências de Orange Juice e The Go Betweens, apresentavam letras de significado dúbio e naif que não eram mais que, segundo os próprios, uma homenagem à infância dos músicos. A banda participou, sem grande sucesso, nos 3º e 4º Concursos de Música Moderna do Rock Rendez Vous. Era oriunda de Oeiras e formada por quatro elementos: Filipe Sousa, Miguel Melo, António Caramelo e Vítor Caramelo. Apresentaram, em 1988, uma maquete de três temas com vista a ser divulgada pelas editoras e rádios locais. Ficaram-se praticamente por aí. O seu discurso era um pouco sinuoso: diziam-se praticantes de um som bonitinho mas em simultãneo anunciavam ser apaixonados pela experimentação e pelo ruído; desejavam tocar ao vivo mas confessavam sérias reticências relativamente ao facto de terem de "andar na estrada" e de estarem a tocar sempre os mesmos temas.

PRESS
A Pop no País dos Sonhos, Miguel Cunha, Blitz nº218 de 03-01-1989

0 comentários: