01 maio 2010

DEPRESSÃO TOTAL



Oriundos de Vila Nova de Gaia, os Depressão Total, contrariamente ao que o nome poderia fazer crer, não se tratavam do enésimo projecto nacional da década de 80 com uma fixação por Ian Curtis e os seus Joy Division. Praticavam sim uma espécie de rock de combate, ao estilo dos Xutos & Pontapés, mas ainda algo imberbe. Relativamente bons executantes, praticavam um rock energico que os levou a gravar, inclusive, um LP que não obteve grande sucesso. A banda era constituída por Ricardo (bateria), Abel (guitarra) e Miguel Sousa (voz). Consta que o nome inicial escolhido pela banda era "Pressão Total". Porém, aquando da realização do seu primeiro concerto, ocorrido na Escola António Sérgio em Vila Nova de Gaia - em conjunto com os Proid, Bramassaji, Face Oculta e Falecido Alves dos Reis -, houve uma "gralha" na impressão dos cartazes e saiu "Depressão Total", tendo o grupo adoptado esta designação.

DISCOGRAFIA


NOVA CRENÇA [LP, Estúdios Horizonte, 1989]

PRESS
Depois dos Factos, David Pontes, LP nº14 de 02-02-1989
Depressão Total, Ritual nº3 de 03-1991

9 comentários:

Eduardo F. disse...

Por mim, acho que são um bocadinho desafinados e fracos...

E também soam um bocado a pop próximo de uns Radar Kadafi.

Mas atenção, eu gosto do disco.
:) e estou contente da aquisição que fiz.

Alexandra disse...

Curiosamente o nome inicial escolhido pela banda era "Pressão Total"...influenciados na altura pelos "Ramones". No 1.º concerto que deram na Escola António Sérgio em V N Gaia (conjuntamente com os Proid, Bramassaji, Face Oculta, Falecido Alves dos Reis)houve uma "gralha" na impressão dos cartazes e saiu "Depressão Total"

Eduardo F. disse...

Ah, que história gira...
:)

Proid? Do que reza a tua história pessoal deles, Alexandra?

Anónimo disse...

Este é o único album em que a minha "alcunha" aparece, nos "agradecimentos especiais": "Pintas"

Tive o prazer de ser o "4º elemento" da banda durante anos a fio e de ser o "fornecedor" do local de ensaio (a cave de casa dos meus pais...), e acompanhei_os até à sua dissolução.

Será para sempre inesquecível a companhia do Miguel, do Abel e do Rica, dos quais a vida me separou ... mas que espero voltar a encontrar brevemente...

Agradeço a quem fez o "scan" das capas do album ... serão duas imagens que guardarei religiosamente, dado que a minha cópia do mesmo perdeu-se no tempo :(

Miguel Carvalho disse...

Ora então tu és o Pintas... Eu penso que te conheçoooo... Penso que moravamos na mesma freguesia

Vê lá se te lembras do Miguelito, que te levou para os Depressão Total.

No entanto, sempre que se fala desta banda, nunca se fala do meu nome, apesar de ter, também fornecido local de ensaio (quem não se lembra da cave da minha mãe pintada de branco com mãos pretas???).

Pertenci a essa banda durante (penso) cerca de 2 anos... Inclusivamente fiz dois ensaio no Centro Cultural do cedro, e ainda pertencia o grande maestro Rui Massena... Sim o maestro fez parte dessa banda na sua formação inicial. e que agora estamos a trabalhar na mesma terra, a Ilha da Madeira.

Aliás... mais uma história. Quando saiu essa música (Ocaso) ela gerou um pouco de polémica pois uns diziam que era deles outro diziam que não... enfim... rivalidades.

No entanto, acho um pouco, desprezivel que ignorem os elementos antigos dessa banda. Apesar de ter havido rivalidades e zangas, penso que foram coisas de miudos... e o que importa é que escrevemos umas belas páginas da música de Vila Nova de Gaia, principalmente no cedro... o berço dos Depressão Total, que posteriormente deram origem a várias outras bandas...

GRANDE ABRAÇO PINTAS...

Miguelitooooooo...

Justiniano disse...

Onde poderei fazer download das músicas dos depressão total!?

Anónimo disse...

Para fazerem "download" de temas dos depressão total, existe o site http://palcoprincipal.sapo.pt/depressao_total
Registem-se, tornem-se fãs e comentem...

Edward Soja disse...

Boa!

Obrigado, amigo anónimo.
Diz quem és, não tens de temer.

:)

Rick Deckard disse...

Por acaso adquiri hoje este álbum, em vinil.

Interessante.