11 novembro 2010

SHADOWSPHERE



Os Shadowsphere foram uma banda oriunda do Seixal, formada em Outubro de 2000 por Paulo Goulão (voz), Luis Goulão (guitarra, ex-Raw, ex-Rebellion) e Hugo Fernandes (guitarra, ex-Raw, ex-Darksaga) e que praticava um som influenciado pelo chamado "melancholic death metal" nórdico. Nuno (bateria) e Fernando (baixo, elemento dos Gondolin) completavam a formação original. Em finais de 2000, André Silva substitui Nuno e é com este line up que gravam a faixa “Lusitania”, com que a banda participa no disco de tributo aos 20 anos dos Tarântula, editado em 2001 pela Recital. Durante o ano de 2001, a banda vai dando alguns concertos e prepara a edição de um Promo-CD, com intenções de o fazer sair até finais do ano. Pedro Vieira substitui Fernando no baixo e a banda entra nos Floyd Estudios para gravar quatro faixas, que farão parte do alinhamento do primeiro EP, intitulado “Death and Dreaming”. Para tal, escolhem como produtor Nuno Loureiro (Painstruck), que já havia trabalhado com o projecto no trabalho para os Tarântula. Apesar dos resultados satisfatórios, a banda decide atrasar o lançamento do EP. Em Junho de 2002, Paulo Gonçalves assume o cargo de vocalista, até ali desempenhado por Luis Goulão e três meses depois é a vez de Rui Neves (ex-Necris Dome, ex-Bloodshed) substituir Pedro na viola-baixo. Com a formação devidamente reabilitada, a banda decide gravar mais uma faixa e editar o EP “Death and Dreaming”. Mais uma vez, recorrem aos Floyd Estudios, com Nuno Loureiro no leme e o lançamento do disco ocorre na Fnac Chiado, a 26 de Outubro, num concerto integrado no evento Outubro Negro 2002. Um ano depois, e mais uma vez, a banda sofre novo revés na sua formação, com o abandono do guitarrista Hugo Fernandes. Embora tenham de imediato encontrado o seu substituto na pessoa de Filipe Sousa, é como quarteto que, em Setembro, a banda regressa aos Floyd Estudios para gravar o seu primeiro album, intitulado “Darklands”, que é estreado ao vivo num concerto ocorrido no Ponto de Encontro, em Cacilhas, com os Hematoma. Em Outubro de 2005 o grupo decide gravar um novo trabalho, "Hellbound Heart", foi misturado na Suécia por Dan Swano. Apesar de não terem voltado a editar, os Shadowsphere continuam activos.

DISCOGRAFIA


DEATH AND DREAMING [CD, Recital Records, 2002]


DARKLANDS [CD, Recital Records, 2003]

HELLBOUND HEART [CD, Recital Records, 2006]


INFERNO [CD, Sphere Music Media, 2012]


DAMNATION AD [CD, Sphere Music Media, 2013]

COMPILAÇÕES


20 ANOS DE TARÂNTULA: TRIBUTO [2xCD, Recital Records, 2001]


ROCK SOUND 13 [CD, Rock Sound, 2003]


CÍRCULO DE FOGO 02: RITUAL [MP3, Círculo de Fogo, 2007]

PRESS
Princípio da Coerência, Dora Carvalhas, Rock Sound nº 13 de 12-2003
Prova de Fogo, Sérgio Bastos, Underworld nº12, 01-2004
Shadowsphere, Paulo Perdiz, Elegy Ibérica nº4, 2006

0 comentários: