28 novembro 2010

SMARTINI



Oriundos das Caldas das Taipas e nascidos em 2002, os Smartini tiveram um percurso breve nas lides musicais. Não obstante esse facto, conseguiram deixar gravado um longa duração intitulado "Sugar Train" e publicado a expensas próprias. Formados por Lourenço Mendes (voz, guitarra), João Paulo Duarte (guitarra), Ricardo Costa (baixo) e Patrício Ferreira (bateria), os Smartini faziam incursões num pop rock independente com forte vocação norte-americana. Não será, por isso, de espantar, aproximações a temas dos Sonic Youth, Nirvana, Dinosaur Jr ou Yo La Tengo, temas esses de toada calma que se transforma algures em explosão de distorção melódica. A voz monocórdica de Lourenço Marques não ajudava a demarcar os diferentes temas compostos, caracterizando a música pela eficiência e pouco mais. Este facto não impediu que os Smartini tivessem obtido alguma exposição mediatica nos circuitos independentes do país, actuando um pouco por todo Portugal, com mais óbvia exposição às localidades limítrofes à sua terra natal. Estou em crer que o projecto tenha já cessado as suas actividades pois nada deles se ouve há bastante tempo. Não é de admirar que essa ocorrência seja verídica pois, fazer, em 2007, música assente nas permissas básicas do grunge com, como referiu, à data, Valter Hugo Mãe no seu blogue "Casa de Osso", não será garantia de grande futuro. Deixo aqui parte da crónica: "Amantes do noise, buscam a intensificação das guitarras através de avanços e recuos inteligentes, criados como se fossem investidas de inspecção de terreno e ataque. o resultado é um trabalho de grandes modulações que tanto se adocica como se amarga. Muito eficaz nesse resultado, "Sugar Train" é o típico disco de rock posterior a Sonic Youth, um disco que pode apelar a algum tom mais progressivo, mas que resiste sobretudo por aquele espectro de texturas que lhe conferem uma destreza de humores cativante".

DISCOGRAFIA


SUGAR TRAIN [CD, Edição de Autor, 2007]

PRESS
Homo Sonicus, Luís Guerra, Blitz 1110 de 07-02-2006

0 comentários: