19 dezembro 2010

HIGH FLYING BIRD



High Flying Bird é um projecto musical de Bruno Lopes, músico nascido em Lisboa no ano de 1978 e que pouco tempo depois irá habitar em Barcelos. Desde cedo se começou a interessar pelas artes, principalmente literatura e música tendo como principais mentores os poetas Jack Kerouac, Willian Burroughs, Allen Ginsberg, Rimbaud e Walt Whitman e o escritor Hemingway. Estas fortes influências literárias acompanharam as suas influências musicais que não são difíceis de delimitar: Neil Young, Joni Mitchel, Bob Dylan, Tim Buckley, Tim Hardin, Jonh Martyn e outros artistas na área do folk, Rock e Blues. Por volta de 1995, Bruno Lopes forma os The Pisces, grupo que chega a gravar dois trabalhos: "Oceans", em 1998 e "Inner Truth", em 2001. É através deste projecto que Bruno consegue arrematar diversos contactos no seio do meio musical português instituído que lhe serão importantes no futuro. Em nome próprio, lança, em 2002, doze poemas a que chamou "Escritos" e, em 2003, já sob a designação de High Flying Bird, editará o EP "Songs of Freedom" (gravado no Oops! Studio num único dia, apenas com voz e guitarra), a que se sucederão o EP "Autumn" (gravado em 2004 no Pink Moon Studio, já com melhores meios e ideias mais definidas), o CD "Backyard Desert" (gravado nos AMP Studio em 2005 e já com maior produção da responsabilidade de Paulo Miranda que acaba por enriquecer a música do projecto com introdução de percussão e elementos electrónicos) e "Escritos" (2007) e "Ruas" (2010). Os High Flying Bird nasceram, segundo o seu mentor, da necessidade e vontade de fazer música cuja mensagem fosse directa e livre. O nome da banda tem a sua origem numa velha canção folk norte-americana que abordava a questão da segregação racial nos EUA nas décadas de 50 e 60. A sua música é uma mistura simples de voz, poesia, guitarra e harmónica. Finalmente, em 2010, é editado "Ruas". No formato CDR, o disco foi novamente gravado, misturado e masterizado pelo incontornável Paulo Miranda nos seus próprios estúdios em Viana do Castelo e contou com a colaboração de dois músicos convidados, Tiago Moreira (bateria, percussões) e Ricardo Head (baixo, percussões). Depois de uma longa tour, que se estendeu entre 2007 e 2009, para celebrar "Escritos", Bruno Lopes pretende agora levar para a rua e para a estrada este novo álbum.

DISCOGRAFIA

SONGS OF FREEDOM [CDR, Edição de Autor, 2003]
AUTUMN [CDR, Edição de Autor, 2004]


BACKYARD DESERT [CD, Medusa Records, 2005]


ESCRITOS [CD, Medusa Records, 2007]


RUAS [CD, Medusa Records, 2010]


O DESASSOSSEGO [CD, BOTR, 2012]

COMPILAÇÕES


MÙSICA DE BARCELOS PELOS ANIMAIS DE BARCELOS [CDR, Rock Rola, 2009]

PRESS
Vôo Baixo, Eduardo Sardinha, Blitz 1037 de 14-09-2004

0 comentários: