28 fevereiro 2011

ECOS DA CAVE



Grupo de Santo Tirso formado em 1987. Os elementos do grupo eram Carlos Lima (guitarra e harmónica), Armindo (baixo), Francisco (guitarra), José Augusto Costa (bateria) e Alfredo (voz). Em 1988 concorrem ao 5º Concurso do RRV onde chegam às meias-finais. O tema "Desejo" aparece na compilação "Registos" que incluí as oito bandas melhor classificadas . Alfredo sai do grupo em Setembro de 1989. Chico Zé (guitarra), Armando Lima (baixo), Carlos Lima (guitarra, teclas, harmónica, voz), Zé Costa (bateria, percussão) e Rafael (voz) gravaram o seu disco de estreia entre Fevereiro e Julho de 1991 nos estúdios Pinguim. O LP "As Papoilas do Campo Estéril" foi editado em Outubro de 1991 pela El Tatu. Em 1992 participam na primeira edição das Noites Ritual Rock. Apresentam algumas composições em inglês e uma versão de um tema de José Afonso. Em 1993 foram cabeça de cartaz da primeira edição do Festival Paredes de Coura. Em 1994, os Ecos da Cave gravaram nos Estúdios Avé Mania, com produção de Carlos Lima. O disco com o título provisório de "O Silêncio Extremo do Aborígena" iria incluir temas como "Com o Álcool", "Vejam Bem" (versão de José Afonso), "Drop Down Dead", "Grande Lua", "Corre Como Um Cão", "Nova Guerra", "Visão Utópica", "Parte P'ra Vida", "Velhote", "Defeitos Humanos" e "Nada". Nunca será editado. O grupo dará por findas as suas actividades em 1995. [A Magia dos Anos 80]

DISCOGRAFIA


AS PAPOILAS DO CAMPO ESTÉRIL [LP, El Tatu, 1991]

COMPILAÇÕES


REGISTOS [LP, Dansa do Som, 1989]


REGISTOS [CD, Movieplay, 1993]

CASSETES
Demo Tape 1988 (5 Temas, 18:32)
Rock Rendez Vous, Lisboa 1988 (4 Temas, 16:47)

PRESS
Ecos da Cave Mais ou Menos ao Vivo, Dario Azevedo, LP nº17 de 23-02-1989
Ecos da Cave, Ricardo Xavier, Ritual nº2 de 03-1991
O Fim da Pop Dolente, Raquel Pinheiro, Blitz nº365 de 29-10-1991

0 comentários: