08 fevereiro 2011

OS PROTÕES



Grupo oriundo do Bairro Marechal Carmona em Coimbra, formado por estudantes: Jorge Carvalho (voz), Nóbrega Pontes (guitarra), António Carlos Couceiro, José Eugénio Eliseu (aka Zézé Borboleta, bateria) e Fernando Dias (baixo). Participaram no Festival Yé-Yé de Coimbra, tendo actuado no dia 23 de Abril de 1966. Classificaram-se em segundo lugar com 42 pontos, atrás dos Cocktails e acima dos Moscardos (de Matosinhos). Apesar disso, não deixaram editado qualquer tema seu.

11 comentários:

boxy disse...

Terá interesse? Vai-se falar dos Cocktails e de todas as bandas que concorreram a concursos locais.

Bourbonese disse...

Porque não? Quer que lhe dê exemplos de bandas que nunca tiveram oportunidade de editar nada e que poderiam ter sido mais relevantes que outras que lançaram 4 ou 5 discos?

boxy disse...

Força!


1-Babies;

Bourbonese disse...

Ora aqui vão algumas sugestões relativas aos anos 80:

1. General Inverno
2. Gabardine 12
3. Culto da Ira

boxy disse...

Os critérios podem ser sempre "sujectivos".

http://underrrreview.blogspot.com/2011/01/gabardine-12.html

http://underrrreview.blogspot.com/2010/09/general-inverno.html

Significa que tem alguma coisa gravada.

Mas os critérios definidos pelo autor poderão ser sempre aceitáveis.

Quando há registos, bons ou maus, é mais fácil dar a opinião mesmo que possa não ser importante.

Bourbonese disse...

É verdade. Se o incomóda esta entrada pode sempre passar à frente. Não estou para animar discussões estéreis. Definitivamente, tenho cada vez menos tempo e paciência para discussões deste tipo.

boxy disse...

[Também pode voltar a fechar o blog apenas a leitores convidados. :) ]

Fiz uma mera observação que considero minimamnete correcta.

Depois aceitei o repto que fez de dar uma informação complementar. E até tive o cuidado de colocar o link para essas bandas caso alguém se interesse.

Os critérios definidos pelos autores/donos do site serão sempre aceitáveis mas não quer dizer que não possa haver sugestões de mudanças e tanto faço aqui como faço noutros sites. Acho que pode ser útil o feedback de quem consulta o blog.

Outra: na minha opinião não era necessário, caso algumas excepcões especiais, a indicação de compilações que não tem qualquer tema inédito.

Mas é apenas mais uma mera sugestão e nada mais do que isso.

O "intro" e o "outro" podem ser levemente provocativos mas não pretendem criar polémicas.

[Se o incomóda estes comentários pode sempre passar à frente]

Bourbonese disse...

Boxy:

O critério que usei foi o das gravações comerciais e próprias. Não faço a mínima ideia se Os Protões gravaram cassetes ou noutro suporte da época ou temas para divulgação radiofónica. Os casos que dei foram assentes nesse pressuposto. A referência a não ter tempo para discussões estereis estão relacionadas com alguns comentários que não se traduzem em valor acrescentado em termos de discussão. Não é o seu caso, certamente. Chateia-me recorrentemente a atitude de, perante o trabalho de quem pretende fazer algo, se pretender sempre destruir. A minha irritação até foi despoletada por um pequeno pormenor que utilizou: o "sujectivos", que nem sei por onde deverá andar! Só por má fé ou má vontade é que alguém não entende que isso se deve a escrever de forma acelerada num teclado. Deve encontrar imensos casos. Eu quando os encontro procuro rectifica-los.

PS: Sobre o blogue ser fechado a leitores convidados não entendi francamente. Se se refere aos outros blogues, informo que foram encerrados. Só não foram desactivados pois está por lá muita informação e trabalho que não pretendo apagar em definitivo.

erradiador disse...

as criticas e as sugestões são sempre bem acolhidas. Interessa-me discutir uma questão que aqui foi suscitada sobre a pertinência da inclusão nas discografias das compilações que não contenham temas inéditos. Essa questão já foi discutida por nós algumas vezes e a minha posição sobre o assunto é que se deve manter essa inclusão, pelo seguintes motivos:
- este blogue ambiciona ser exaustivo sobre a música urbana feita em Portugal e uma fonte de informação e consulta de referencia sobre as discografias das bandas aqui recenseadas. Essa pretensão envolve ser o mais completista possível sobre o material editado;
- pode pressupor-se que certos utilizadores poderão ter interesse em conhecer/ouvir alguma banda através de uma qualquer compilação. Ao estarem aqui listadas facilita a sua procura/aquisição;
- a inclusão das compilações permite também obter/retirar informações importantes sobre quais as músicas mais populares (os singles) de uma determinada banda, bem como do "sucesso" alcançado por esses temas. Por exemplo, a inclusão de um tema dos Grace (banda sobre a qual farei uma review proximamente) numa compilação tipo "Now 17", fez-me perceber que aquele tema/banda teve alguma repercussão/airplay naquela altura.
Por outro lado, não vejo quais as desvantagens de incluir as compilações...
as melhores saudações

sublep-boxy disse...

[está a usar dois profiles diferentes]

Agradecia que também apagasse esta mensagem.

Há várias compilações que tem interesses minimamente comerciais. Estou-me a lembrar por exemplo das duas compilações "P" (se não me engano) que até tinham os Il Divo.

E algumas compilações das editoras limitam-se a compilar meia duzia de temas sem qualquer texto de enquadramento, sem inéditos e apenas para alimentar o mercado de discos mais baratos.


o "subjectivo" não era nenhum aparte.

Bourbonese disse...

Ninguém apagou nenhuma mensagem. Recebi uma notificação no email avisando da sua mensagem mas quando fui responder nos comentários ela já não estava lá. Não teria sido o Sr. a apaga-la depois de a fazer? Há por lá uma ícone para o efeito. Aliás fiz questão em responder pois esta ficou gravada no mail de notificação.