27 fevereiro 2011

SADCOW



Projecto nascido no Porto em 1994, formado por Joel Azevedo (aka Braços, guitarra, voz), Moreira (baixo) e Guétó (bateria). Será este line-up o responsável pela gravação e edição da primeira demo intitulada "Inky". Em 1995 dá-se a entrada no grupo de um segundo guitarrista, Secundino, sendo registado um novo trabalho caseiro, "Changing On A Time Frame". No Outono de 1995, Moreira abandona a banda, sendo substituído por Cabeja (baixo) e é com este novo line up que o disco de estreia é gravado. O projecto apresentava uma sonoridade mais inglesa que americana, como convinha numa altura em que o grunge passava à história e as bandas inglesas renovavam influências no mercado da música urbana de massas. A melodia da vocalização combinava bem com as guitarras esgalhadas. Faltava, porém, por vezes, mais presença na voz. Valorizado ficava o som dos Sad Cow em temas cantados por Lia, vocalista convidada para alguns eventos, como no tema "Question". A menina cantava com uma voz que poderia ter dado que falar. O percurso dos Sad Cow pouco se diferenciou do de centenas de bandas que existiam por esse país fora: concertos, estrada, algum trabalho de estúdio, até o sentirem com a dignidade suficiente que pudesse evitar atitudes negligentes por parte de qualquer editora a quem uma cassete pudesse ter sido entregue. Suscitaram o interesse e os préstimos da Independent Records. Participaram numa das edições do festival Cais do Rock - onde foram finalistas no concurso -, bem como num concurso em Castelo de Paiva, tendo o tema "It's Just Me" sido incluído na colectânea "Deixe de Ser Duro de Ouvido". Na altura da edição do seu único longa duração diziam-se já uma banda mais amadurecida, renegando em certa medida as suas influências passadas (Pavement, Sonic Youth) que, segundo eles próprios lhes haviam dado estatuto, mostrando-se então mais influenciados por sonoridades pop. Reconheciam, nessa altura influências de Sakamoto, Swerdriver, Pulp, The Smiths ou Red Hot Chilli Peppers. Falou-se ainda, em 1997, numa possível edição de um trabalho do grupo que seria lançado nos mercados discográficos português, belga, holandês, francês, alemão, espanhol, entre outros. Tratar-se-ia de um albúm intitulado "The Sadcow of Today's Life" e que seria a estreia do grupo. Afinal o disco chamou-se "Immediate Assistance For Urgent Situations" e teve apenas edição nacional. Em finais de 1997, após a edição do disco, Cabeja foi substituído por Celso (baixo) tendo também sido pontualmente integrado um novo elemento chamado Ricardo Baptista que se ocupava das teclas e programações electrónicas. As muitas mudanças no interior do grupo não deixaram de se voltar a fazer sentir novamente, com o abandono de Secundino cujo lugar é ocupado de imediato por Migas (guitarra). Foi nessa altura que a banda cessou actividades, com parte dos seus membros a juntarem-se a Alexandre Teixeira (guitarra) e João Maia (guitarra) para formarem os "My Porno Star" cuja sonoridade se aproximava bastante do Glam Rock.

DISCOGRAFIA

INKY [Tape, Edição de Autor, 1995]


CHANGING ON A TIME FRAME [Tape, Edição de Autor, 1995]


IMMEDIATE ASSISTANCE FOR URGENT SITUATIONS [CD, Independent, 1997]

COMPILAÇÕES


RITUAL ROCK 02 [CD, Xinfrim, 1995]


DEIXE DE SER DURO DE OUVIDO 01 [CD, DDSDDO, 1995]


REPÚBLICA DAS BANANAS [CD, Numérica, 1995]


CAIS DO ROCK 01 [CD, Low Fly Records, 1997]


CAIS DO ROCK 02 [CD, Low Fly Records, 1998]


PROMÚSICA 19 [CD, Promúsica, 1998]


PESADELO COR-DE-ROSA OST [CD, Columbia, 1998]


ALTERNATIVE WORLD [CD, Independent Records, 1999]

PRESS
Sad Cow, Alexandrino Santos, Ritual nº 9 de 1996
O Armário Eléctrico, Jorge Manuel Lopes, Blitz nº 584 de 09-01-1996
Ecos do Desterro, Jorge Manuel Lopes, Blitz nº 701 de 31-03-1998
Destaques, Promúsica 19 de 08-1998

0 comentários: