06 março 2011

OS DUQUES DE QUIBIR



Oriundos da Marinha Grande e com um álbum editado, os Duques de Quibir são uma espécie de mistério da música urbana portuguesa da viragem da década de 80 para a de 90. Praticamente desconhecidos, gravaram um disco desinteressante mas que continha alguns resquícios de um som que poderia ir um pouco mais além do que aquilo que fizeram que foi basicamente música ligeira de má qualidade. Na génese do grupo esteve certamente um grupo de baile, detectando-se traços de pop rock aligeirado com solos e baladas que pontualmente recordam o Rui Veloso mais comercial. Está-se assim na presença de um grupo pop rock envergonhado feito por um projecto nascido oficialmente em 1987 e constituido por Fernando Luis (piano, órgão, sintetizadores), Osvaldo (aka Vadinho, voz), Joaquim Cruz (guitarra), Pedro Miguel (baixo) e Paulo Norte (bateria). O registo foi gravado nos Angel Studios por Rui Novais e denota as fragilidades de quem pela primeira vez entrara em estúdio e mostrava gostos algo duvidosos. Pouco depois da edição de "Momentos", o grupo deu por findas as suas actividades.

DISCOGRAFIA


MOMENTOS [LP, Edição de Autor, 1989]

0 comentários: