05 março 2011

ZECA DO ROCK



De seu nome verdadeiro José das Dores, terá sido o primeiro músico português a gravar um "yé", em "Sansão Foi Enganado", em 1961. Aprendeu a tocar viola no final da década de 50 com Fernando Alvim e a sua grande oportunidade surgiu em 1959 quando participou no programa "Bom Dia", de José de Oliveira Cosme, na Rádio Renascença numa rubrica de novos talentos. Recusou fazer um disco a meias com Tonicha, como era costume na altura, e por isso perdeu a oportunidade de gravar o primeiro disco português de rock, primazia que foi para Daniel Bacelar e Os Conchas em 1960. O seu primeiro disco - e único em nome próprio - só surgiu no ano seguinte, em 1961, acompanhado pelo Conjunto de Manuel Viegas. "O estúdio era uma sala centenária na Costa do Castelo. Quando passava uma camioneta na rua ou um avisão no ar, tinha que se interromper a gravação" - contou recentemente. Em 1962 participou no filme "Pão, Amor e Totobola", de Henrique Campos. Do filme foi editado um EP que inclui "Twist Para Dois". O serviço militar obrigatório terminou com a carreira de Zeca do Rock em 1965, mas na Guiné ainda formou um conjunto de rock que actuou pelos aquartelamentos do território. Vive actualmente na cidade de Campinas, no Brasil. Em 1970, Sérgio Borges e o Conjunto Académico João Paulo gravaram os temas "Lavrador", adaptação de um inédito de Zeca do Rock ("Aguarela Portuguesa") e "God of Negroes", também de sua autoria. Em 2008 foi a vez dos Bunnyranch gravarem uma cover de um tema de Zeca do Rock: "Sansão Foi Enganado". [Ié-Ié]

DISCOGRAFIA


MENINA [7"EP, Alvorada, 1961]

COMPILAÇÕES


PÃO, AMOR E TOTOBOLA [7"EP, Parlophone-VC, 1963]


BIOGRAFIA DO POP-ROCK [2xCD, Movieplay, 1997]


ÓCULOS DE SOL [2xCD, iPlay, 2010]

0 comentários: