13 junho 2011

INFERNAL DREAMS



Os Infernal Dreams surgiram em 1993 com um line up constituído por apenas dois elementos, Paulo Mateus (bateria) e Kim Mira (guitarra). Um ano mais tarde Carlos Mendes deu voz à banda e logo de seguida entrou Rui Figueiredo para o baixo. É com esta formação que o projecto regista a sua primeira promo tape. Em Janeiro de 1996 são convidados pela editora Guardians of Metal para integrarem a compilação "Southern Assault Vol.1" tendo a faixa escolhida sido gravada nos Rec'n'Roll Studios, contando com a participação de Lourenço Azevedo nas teclas. Seguiram-se muitos concertos para a divulgação da colectânea e do trabalho do grupo. Entretanto Kim Mira e Lourenço Azevedo abandonam o grupo sendo substituídos, respectivamente, por Vítor Mestre (ex-Afterdeath) e Pedro Fernandes. A entrada destes músicos como que injectou novo sangue e espírito criativo no seio dos Infernal Dreams que gravam, em 1997, "And I Dream", trabalho que editam em regime de auto-edição. Os seis temas do disco permitem-lhes não apenas realizar uma série de bons concertos como despertar nova atenção por parte da Guardans of Metal que se apronta a editar o trabalho numa versão mais extensa. A banda remistura os temas já gravados e adiciona~lhes três novas faixas que são gravadas para o efeito. O estilo poderia ser descrito como progressive death metal. O grupo dissolver-se-á em 2000 sem editar mais material.

DISCOGRAFIA


PROMOTAPE 95 [Tape, Edição de Autor, 1995]


AND I DREAM [CD, Edição de Autor, 1998]


AND I DREAM [CD, Guardians of Metal, 1999]

COMPILAÇÕES


SOUTHERN ASSAULT 01 [CD, Guardians of Metal, 1996]


PROMÚSICA 45 [CD, Promúsica, 2000]

PRESS
Sonham Acordados, José Rodrigues, Blitz nº 799 de 22-02-2000
Um CD bastante Suado, Cameraman Metálico, Raio X nº 29 de 05-03-2000
Infernal Dreams, Promúsica 45, 10-2000

0 comentários: