31 julho 2011

ESTALADA TOTAL



Banda lisboeta de Campo de Ourique formada em finais de 1990 por Carlos (voz), Pedro Mutcha (guitarra), Nuno Pêgas (guitarra), Marco (baixo) e Magangas (bateria). Em 1991, gravaram a demo "1ª Estalada" e participam no 1º Concurso de Música Moderna da Câmara Municipal de Lisboa. No ano seguinte, com três dos elementos da banda incorporados, por força do então serviço militar obrigatório, a banda passou a ensaiar e tocar ao vivo com muito menos regularidade pelo que, só em 1993, voltaria a gravar uma nova demo, "2ª Estalada, trabalho que nunca chegará a ser editado. Nesse ano, com mais um elemento incorporado na tropa, a actividade do projecto voltou a não atingir os níveis que o ano de 1991 prometia. Em 1994, os Estalada Total acabariam mesmo por cessar actividades sendo de realçar que o line-up da banda nunca sofreu quaisquer alterações durante a sua existência. O grupo, muito influenciado por nomes como Censurados, Peste & Sida ou Mata-Ratos, praticou, como alguém um dia se atreveu a escrever, um rock rústico-juvenil dominado pelo punk com influências hard, tentando criticar tudo e todos com um humor corrosivo e letras transgressivas.

DISCOGRAFIA


ESTALADA TOTAL [Tape, Edição de Autor, 1991]

PRESS
Finisterra, Fernando Santos Marques, Blitz nº361 de 01-10-1991

0 comentários: