10 julho 2011

TEXABILLY ROCKETS



Nascido em Março de 1993 em Sacavém sob a designação inicial de The Texabilly Rockers, este projecto tem uma história que se confunde com a do rockabilly nacional. O grupo foi fundado pelo ex-Tequilla Mal e esporádico colaborador de Ruby Ann & The Boppin Boozers, Rui Andrade (aka, Wildcat Shaker, voz, guitarra acústica) e Telmo Oliveira (guitarra, antigo elemento dos Country Cabin Jazz Cats). A este núcleo duro juntar-se-ão, pouco tempo, Rui Gomes (aka Rui "Tex" Gomes, bateria), Miguel Colares (guitarra) e Gito Oliveira (contrabaixo). Foi com esta formação que a banda grava os dois temas que integrarão a compilação "Portugal Rockers" editada em 1995 pela Metralha Records. A banda apresenta-se em 1994 ao vivo na TVI integrando o programa "Luzes da Ribalta" e começa a beneficiar de alguma exposição, preparando-se para gravar o seu primeiro longa duração. O disco intitulado "Honey Let's Go", cujo lançamento ocorrerá apenas em 1997 ainda pela Metralha, já não será gravado pela formação anterior pois Miguel Colares e Gito haviam abandonado o grupo, tendo Rui Andrade passado a assumir, para além da voz, o contrabaixo. O line up é reforçado ainda pela integração de Bop a Gogo que assegura a guitarra acustica. O grupo mantem-se activo ao vivo mas o esmorecimento da exposição em Portugal é proporcional inverso ao do crescente interesse que o projecto alcança no estrangeiro. A sua competência é reconhecida em 2000 pela editora germânica Part Records que assina com o grupo e passará a ser o veículo editorial a partir daí. Em 2000 é editado o disco "There's Gonna Be a Ball With" que já não contará com a formação anterior dos Texabilly Rockers visto o fundador Telmo Oliveira e Bop a Gogo deixarem de integrar o colectivo que passa então a ser um trio constituído por Rui Andrade (voz, contrabaixo), Rui "Tex" Gomes (bateria) e Celso (aka Sonny Boy, guitarra). A este disco sucede-se, em 2002, "Hepcat Tales" onde a formação da banda surge reforçada por Manuel Monteiro (aka Hillbilly Cat) que assume a guitarra acústica e lap steel. Um ano depois verificam-se alterações estruturais no seio da banda. Para lém da alteração do nome do grupo para "Texabilly Rockets", saem Sonny Celso Boy e Rui Tex Gomes. É ness altura que o colectivo passa a contar com o ex-Tequilla Mal, Henrique Caetano (aka Henry Fontana, bateria) e com André Joaquim (aka Untamed A.J., guitarra) e será com esta nova formação que gravarão e editarão os dois discos seguintes, "Bop Cat Bop" em 2004 e "Bop Potion n.5" em 2006. André Joaquim, um excelente e versátil guitarrista com rodagem anterior e paralela em grupos como Tennessee King Cat, Capitão Fantasma, SupraHeat Surrenders, Red Headed Men, Dr.Frankenstein ou Phantom Vision, entre outros, imprime nova energia que leva os agora Texabilly Rockets a actuar com muito sucesso em muitos palcos europeus. Fazendo juz à tradição, em 2008 é editado novo trabalho chamado "Raw and Wild" com novas modificações no seio do grupo. Manuel Monteiro deixa de fazer parte dos quadros dos Texabilly Rockets, entrando Dave Gomez para o substituir na guitarra acústica. É também nesta altura que, devido a motivos profissionais, Henrique Caetano não pode colaborar com a banda sendo substituído durante cerca de uma ano e meio por Bruno Quintino. A banda é convidada a actuar com frequência em importantes festivais internacionais do género, tendo no seu curriculum passagens por Hemsby, Calella, Walldorf Rockin' Rollin' Festival, Eggbilly Festival) ou a realização de tours europeias que passam por Espanha, França, Alemanha ou Inglaterra. O grupo editou recentemente, em Junho de 2011, o seu novo trabalho "45's Jamboree", novamente pela alemã Part Records, com um line up constituído pelos "veteranos" Rui Andrade, André Joaquim, Dave Gomez e pelo novo baterista Duarte Vicent. [Quero agradecer a André Joaquim a sua colaboração na ajuda cronológica desta entrada e deixar aqui um bem haja a um dos melhores e mais versáteis guitarristas nacionais da actualidade].

DISCOGRAFIA


HONEY LET'S GO [CD, Metralha Records, 1997]


THERE'S GONNA BE A BALL WITH... [10"EP, Part Records, 2000]


HEPCAT TALES [CD, Part Records, 2002]

BOP CAT BOP! [CD, Part Records, 2004]


ROCKERS BOP POTION [CD, Part Records, 2006]


RAW AND WILD [CD, Part Records, 2008]


45'S JAMBOREE [CD, Part Records, 2011]


20 YEARS ROLLIN'DOWN THE TRACK [CD, Part Records, 2013]

COMPILAÇÕES


PORTUGAL ROCKERS [CD, Metralha, 1995]


ROCKIN'AROUND PORTUGAL [CD, Boptown Records, 2007]


ATAQUE ROCKABILLY 04 [CD, Esquilo Records, 2009]


ROCK'N'ROLL WEEKENDER 2013 [CD, Part Records, 2013]

PRESS
Ilustres (des)Conhecidos, Luís Oliveira, Underworld nº22, 12-2006

3 comentários:

Eduardo F. disse...

Mais propriamente de Sacavém (Loures)

:)

Bourbonese disse...

Sempre atento| Correcção efectuada. Aproveitei para colocar apontador para o Mostrai-vos que não sei como ainda não estava lá...

Eduardo F. disse...

;)

Obrigado, amigo.

O objectivo é comum: a divulgação.
O valor, o mesmo: a música.

Abraço.