15 agosto 2011

MURANGUS



Formados em 1995 na cidade de Faro por Emídio (voz, guitarra), Pedro Vasques (voz, guitarra) e Miguel Murta (bateria), os Murangus não tardarão a recrutar o amigo Luís China para baixista. É com esta formação que arrancarão com o projecto mas cedo recrutarão novos elementos. China e Murta serão respectivamente substituídos por Vasco Prudêncio (baixo, teclas, sampler) e Bruno Cortes (bateria, sampler). A música do grupo conjugava inicialmente duas variáveis bem definidas, um lado mais melancólico que remetia para as grandes planícies e paisagens bucólicas e um outro composto de devaneios sónicos inspirados pelo grunge e pelos Pixies. Em 1998 editam o seu primeiro trabalho, "Tears In My Wounds", em formato CDR que é distribuido apenas para efeitos promocionais. O disco incluia duas faixas gravadas nesse ano nos Estúdios Sons do Mar por Luís Guerreiro e Paulo Carmona, bem como três temas registados em 1996 nos estúdios CTM. Os temas "Gleam" e "Take Me 95" contidos na demo eram caracterizados pela voz delicada de Nádia Sousa, uma vocalista convidada. Após esta edição, Pedro Vasques abandonará a formação sendo substituído por Luís Rocha (guitarra). Será com esta nova formação que, em 2001, se estrearão numa edição comercial com o CD "A Windy Day", trabalho registado nos Estúdios ZipMix em Olhão. Gravam então um videoclip para a faixa "Somewhere I'll Be" com o intuito de promoverem o longa duração. Será este o tema escolhido para single de apresentação. Em Novembro de 2002 concorrem e vencem o concurso de novas bandas "RockMusic Challenge 2002" cuja final ocorre no Hard Club, em Vila Nova de Gaia. Este facto abre-lhes algumas portas e reconhecimento no norte do país, apresentando-se no canal televisivo NTV e integrando o tema "blunder" numa compilação da Bor Land Records. Apresentam-se também no programa "Curto Circuito" da SIC Radical. Em Novembro de 2003 anunciam terem já compostas novas músicas que pretendiam integrar no seu segundo trabalho, iniciando o seu estágio de apresentação ao vivo das mesmas. Em 17 de Setembro de 2005 tocam ao vivo na sala Bafo de Baco, em Loulé, local onde iniciaram as lides musicais. O concerto pretendia comemorar os 10 anos de existência da banda e aos presentes foi oferecido o seu novo single, "Latest Rags". Bruno Cortes e Vasco Prudêncio envolver-se-ão, em 2003, no Projecto Camaleão Azul. O grupo manter-se-á activo até 4 de Março de 2009, data em que oficialmente dará por finda a sua existência.

DISCOGRAFIA


TEARS IN MY WOUNDS [CDR, Edição de Autor, 1998]


A WINDY DAY [CD, Bafo do Baco, 2001]

COMPILAÇÕES


CHOQUE FRONTAL 02 [CD, Independent Records, 1997]

PLEASE STOP THIS NOISE IN MY HEAD 02 [Tape, Som Sónico, 1998]


I'M NOT A POP STAR [CD, Som Sónico, 1998]


SIGH [CD, Bor Land, 2003]


CHOQUE FRONTAL 03 [CD, RockPit Records, 2006]

0 comentários: