15 agosto 2011

OCASO ÉPICO



Os Ocaso Épico foram formados em 1981 por Carlos Cordeiro (aka Farinha Master). O tema "Memórias", gravado em 19 de Outubro de 1984, por Farinha (voz, guitarra, flauta, teclas), Alberto Garcia (bateria), Anabela Duarte (voz, performance, teclas), Ricardo Camacho (percussão) e Rui Magalhães (baixo), aparece na compilação "Ao Vivo No Rock Rendez-Vous em 1984" com o título "Intro". São considerados a melhor banda ao vivo de 1984, em conjunto com os GNR, para o programa "Som da Frente" de António Sérgio. Anabela Duarte sai do grupo em Março de 1985 após um concerto na sala do teatro "A Barraca". Houve um ano em que foram o grupo que mais tocou no Rock Rendez-Vous. São convidados por Mário Guia (ex-Objectivo, dono da Dansa do Som e da sala Rock Rendez-Vous) a gravar um disco. As gravações decorreram ao longo de vários meses. Mais do que um grupo, os Ocaso Épico funcionavam como um projecto pessoal de Farinha Master. O disco "Muito Obrigado" foi editado em 1988 tendo nele participado Pedro Barrento, Rui Mofreita, Zé Nabo, Alberto Garcia, Rui Fingers, Ricardo Camacho e José Carrapato. Em 1989 foi divulgada a maqueta "Desperdícios" resultante de várias sessões de gravação sendo que uns anos mais tarde a editora do Porto, Tragic Figures, comercializará uma versão pirata e não autorizada da mesma. Pelo facto, Farinha irá amaldiçoar publicamente Hugo Moutinho, o autor da proeza. Um dos músicos participantes neste registo foi Carlos Zíngaro (também colaborador pontual de Zao Ten, um outro grupo de Farinha). "Experimentalismos ambientais, orientalices, um ou outro ritmo "industrial" e outras coisas acabadas em Zen. E o humor característico do Farinha Master em títulos como "Descarregar Proteína Animal", "Alvalóide", etc." Aparecem depois na compilação "Insurrectos", que também incluía os Zao Ten, com "Uma Bica e um Neubauten". O grupo continua a trabalhar sendo de destacar, neste período, temas como "Sonic Yuppie" e "Atalaia". O grupo pára, pouco tempo depois, para, em Junho de 1993, realizar o concerto de regresso ocorrido na Caixa Económica Operária, com primeira parte feita pelos Subterfúgiu. Porém, os Ocaso Épico apresentar-se-ão sem Farinha (agora Dr.Zao Ten) que ficou retido em casa devido a uma gripe. Mário Guia chega a anunciar, em Janeiro de 1995, a entrada em estúdio dos Ocaso Épico com vista à gravação de um segundo disco, o que nunca chegará a concretizar-se. Farinha Master faleceu em 18 de Fevereiro de 2002 vítima de SIDA. À altura da sua morte liderava os Angra do Budismo, projecto fundado em 1999. [A Magia dos Anos 80]

DISCOGRAFIA


MUITO OBRIGADO [LP, Dansa do Som, 1988]


DESPERDÍCIOS [Tape, Tragic Figures, 1991]

COMPILAÇÕES


AO VIVO NO ROCK RENDEZ VOUS 1984 [LP, Dansa do Som, 1984]


INSURRECTOS [LP, Área Total, 1991]


FEEDBACK [LP, Feedback, 1990]


CORROSÃO CEREBRAL [Tape, K7 Pirata, 1991]

CASSETES
Rock Rendez Vous, Lisboa 1989 (2 Temas, 13:03)

PRESS
A Verdade Original, António Joaquim Xis, Blitz nº 10 de 08-01-1985
Farinha Intragável?!, Luís Maio, Blitz nº 134 de 26-05-1987
Detesto a provocação Gratuita, Pedro Luso, LP nº0 de 12-10-1988
Ocaso Épico , José Faísca, LP nº6 de 07-12-1988
Karma Man ou O Encanto dos Ocaso, Luís Maio, Blitz nº 200, 30-08-1988 [CAPA]
A Um Deus Demente, LP nº23 de 06-04-1989
Aqui, Rádio Macau, João Pedro Costa, LP nº32 de 08-06-1989
Desperdícios, Miguel Francisco Cadete, Blitz nº 242 de 20-06-1989
Onde está o Farinha?, António Pires, Blitz nº 450 de 15-06-1993
Um Ocaso Épico 1957-2002, Blitz nº 904 de 26-02-2002

1 comentários:

João Gonçalves disse...

Saudades. Farinha era meu vizinho. Uma pessoa incrível com uma "pancada" extraordinária. Concertos intermináveis no Rock Rendez Vous com performances alucinantes. Concertos em bares e discotecas onde ninguém o queria ouvir...
Farinha Master era o que se podia apelidar de "gajo porreiro".
Perdi o contacto, durante anos e anos, até saber do seu falecimento há cerca de um ano atrás.
Um visionário...