15 agosto 2011

OIOAI



Banda pop-rock criada em 2006 por João Neto (guitarra) e Pedro Puppe (guitarra, voz) e a que mais tarde se juntarão Nuno Espírito Santo (baixo, ex-Braindead, ex-UHF) e Fred Ferreira (bateria, ex-Yellow W Van). Depois de duas maquetes, o grupo estreou-se discograficamente com o longa duração homónimo editado em 2006 e do qual foram extraidos os singles "Jardim das Estátuas", "Sushibaby" e "Deves Estar a Chegar". Todas estas faixas tiveram direito a forte exposição mediática. A produção do disco coube ao brasileiro Alexandre Kassin. O grupo sempre denotou influências de cantautores portugueses como Sérgio Godinho ou Jorge Palma. Paralelamente, reclamaram uma atitude "punk" no que diz respeito à urgência presente nalgumas das letras dos seus temas, defendendo que a música deve ser simples e directa. Esta opinião é obviamente demagógica: apesar dos temas denotarem na sua essência uma estrutura simples, nem as suas letras são imediatas nem a sua sonoridade se aproxima da referência reclamada. Segundo Pedro Puppe, o grupo surgiu no momento em que, na companhia de João Neto, experimentava a sua guitarra com um pedal que lhes baixava uma oitava para servir de baixo. O seu universo musical era reflexo do que ouvia mas um dia, ao ouvir os Blues Explosion, o mundo desabou. Curiosamente, a sonoridade dos Oioai parece estar nos antípodas da do grupo de Jon Spencer!... Após os ensaios iniciais, compuseram diversos temas que farão parte do álbum de estreia. Apresentaram-se também ao vivo, ainda como duo, até terem sentido a necessidade de reforçar o line up e, através da ajuda de Tiago Bettencourt dos Toranja, recrutam Nuno Espírito Santo e Fred Ferreira. É por essa altura que tocam no bar Europa, localizado no Cais do Sodré, onde despertam a atenção de Paulo Junqueiro da EMI. Sendo um projecto onde constam músicos experientes, procuraram assumir-se mais como um grupo de concertos que de estúdio. Com a colaboração da sua editora, estiveram presentes nos palcos de quase todos os festivais de cariz mais mainstream realizados entre a edição do seu primeiro disco e o lançamento do segundo, "Pela Primeira Vez", que é editado em 2009. Os Oioai constroem, apesar de tudo, canções com alma. Se apontarmos como grande fonte de inspiração a música de Jorge Palma ou de uns Xutos & Pontapés, ninguém vai poder levantar o dedo dizendo que estamos a difamar a banda. Este seu novo trabalho, veio confirmar o que os anteriores já faziam crer. Os Oioai são uma banda vincada para criar canções mais rock do que pop, onde a melodia é a alma da casa. São um grupo que se preocupa com aquilo que canta, não descurando a parte de escrita, apresentando um conjunto de letras em português de boa qualidade. E sente-se a vontade enorme que a banda tinha de abraçar o mundo. E a vontade que lhes estava estampada no rosto, de mudança. Mas mudar sem perder o rumo que os orienta.

DISCOGRAFIA


OIOAI [CD, EMI, 2006]


JARDIM DAS ESTÁTUAS [CD Single, EMI, 2006]


DEVES ESTAR A CHEGAR [CD Single, EMI, 2006]


SUSHIBABY [CD Single, EMI, 2006]


PELA PRIMEIRA VEZ [CD, EMI, 2009]

COMPILAÇÕES


TALENTOS DO TEJO 2004 [CD, Metrodiscos, 2004]


TRIBUTO A CARLOS PAIÃO [CD, Farol Música, 2007]


ROCK ÀS SEXTAS [CD, CM de Vila Nova de Gaia, 2008]


UPA08 [CD+DVD, Sony, 2008]

0 comentários: