21 agosto 2011

SILENT SCREAM



Os Silent Scream nasceram em 25 de Abril de 1989 constituídos por Pedro Fernandes (voz), Patrick Elmer (guitarra), João Santos (guitarra), Cláudio Cerejeira (baixo) e Marco Cesário (bateria) e ainda sob a designação de Senativy. Em Setembro de 1989, Marco Cesário e Cláudio Cerejeira abandonam o colectivo que ainda só havia composto um tema. É então recrutado, para a função de baixista, Pedro Quaresma mas a sua passagem pelo grupo é também temporária pois adandona-lo-á em Janeiro de 1990 sendo substituído por Pita (ex-VOD). Nessa altura, o grupo muda de nome para Megalith. Três meses após estas transformações, Pedro Fernandes e Patrick Elmer encontram-se novamente sozinhos, sendo obrigados a começar tudo de novo. Quando têm uma série de temas compostos, iniciam a busca de novos elementos mas o esforço é feito em vão pois o grupo não dispunha de local de ensaio e o material existente era manifestamente insuficiente. Por essa altura, o colectivo é constituído pelos dois resistentes e por Jorge F (baixo) e por Francisco "Sepultura" (bateria). Em Novembro de 1990, Jorge F cede o lugar ao retornado Cláudio Cerejeira. A designação Silent Scream é definitivamente assumida por essa altura e o grupo começa a sedimentar alguma reputação. Contudo, o projecto estava condenado a uma história de retrocessos e Francisco "Sepultura" saí do line-up em Março de 1991, sendo substituído por Jorge Garcia. Iniciado um novo ciclo, o grupo regressa aos ensaios e sente a necessidade de recrutar um segundo guitarrista, Zeto Feijão. É então que actuam pela primeira vez ao vivo, na Escola Secundária Fernão Mendes Pinto, no Pragal, Almada. O concerto saldou-se num autêntico desastre e novos abandonos de membros irão ocorrer em Setembro de 91: Zeto Feijão saí para entrar Jorge Fernandes que, devido a um desentendimento com o outro guitarrista, Jorge F., também não se mantém. Com apenas uma guitarra, o grupo entra em estúdio, em Janeiro de 1992, nos Heaven Sound. Registam a demo tape homónima e, após o seu lançamento, dão razoáveis concertos na Quinta da Lomba, no Barreiro e na Costa da Caparica. Com Zeto Feijão de volta ao line-up, inicia-se nova série de desentendimentos no seio da banda culminando com o melhor concerto da banda no Johnny Guitar, em Lisboa. Nova alteração: saída de Cláudio e substituição por Rui Pita, novo baixista. Em 1992 integram a compilação "The Birth of a Tragedy" da MTM com o tema "Death Escapes Like Blood". Em 1993 registam uma Promo Tape com duas músicas, gravados no Heaven Sound, em Almada. [Fernando Roberto]

DISCOGRAFIA


SILENT SCREAM [Tape, Edição de Autor, 1992]

COMPILAÇÕES


THE BIRTH OF A TRAGEDY [2xLP, MTM, 1992]


MORTUARY 01 [CD, Skeleton, 1993]

0 comentários: