26 fevereiro 2012

DOIS SACOS E MEIO



Grupo constituído em Fevereiro de 2001 na Charneca do Lumiar por Nuno (aka Pirâmides, guitarra), Barata (bateria) e Aureo (aka Jackson, baixo, voz). Ainda em Junho desse ano, Paulo Gano (guitarra solo) reforça o line up, dando-lhe maior coesão. Porém, algum tempo depois, verifica-se nova alteração, com o abandono de Barata, sendo substituido por Hugo (aka Alentejano, bateria). Foi esta formação que se manteve inabalável até Junho de 2002, altura em que é organizado o primeiro concerto da banda na Charneca do Lumiar. Em Setembro desse ano, nova troca de baterista, saindo Alentejano e entrando Nika. É com esta formação que os 2 Sacos ½ dão mais dois concertos. Em Fevereiro de 2003 verifica-se nova alteração, sendo admitido Mário Matacão (voz). O projecto actua então no Festival "Tocábrir" em Lisboa, no "Salva o Rock" em Salvaterra de Magos, no "Ponto de Encontro", no "Jardim da Música", no PcP de Camarate, bem como se dedica a outros concertos mais pequenos. É também nessa altura que o gruypo alguns dos seus mais emblemáticos temas como "Sociedade Perdida", "Tem de Ser" e "Hipocrisia", gravadas posteriormente em regime de captacão directa na primeira maquete intitulada "Isto Vai Mudar". Em Outubro de 2003, o grupo vê-se obrigado a trocar de baterista devido à ausência de Nika. Entra então Oregos, que actuou em grandes concertos no PcP de Santa Iria, Cadaval, Lótus Bar, "Janelas Verdes", "Kasa Okupada", Algueiro ou em Odivelas. No Verão de 2004 dá-se o regresso de Nika mas esta readmissão terá um curto efeito pois em Maio de 2005 será novamente substituído, agora por Ivan (aka Ossos, bateria). A esta alteração segue-se também o o abandono de Gano (guitarra solo) sendo substituído, dois meses depois, por Dino. É com esta nova formação que a banda grava a sua segunda maquete, "Reutilize-me Para Um Portugal Melhor". Pouco tempo depois, o projecto dissolve-se. Em Julho de 2009 voltam a reunir-se com Pirâmides, Jackson, Gano, Nika, Matacão, actuando pontualmente até 2010.

DISCOGRAFIA


ISTO VAI MUDAR [CDR, Rottrecords, 2003]


REUTILIZE-ME PARA UM PORTUGAL MELHOR [CDR, Edição de Autor, 2006]

0 comentários: