29 fevereiro 2012

PARKINSON



Naturais do Porto, os Parkinson foram uma banda formada em 1992 com Nuno Norte (guitarra, voz), Aleixo (baixo) e Garcez (bateria) na sua génese. Muito influenciados pelo grunge, o projecto realizou dezenas de concertos no norte do país, tendo gravado ainda nesse ano uma cassete intitulada "Baby Kicks". A sua música revelava também influência de Beatles e Buzzcocks, na realidade notava-se uma séria aproximação à imediatez do punk melódico britânico da década de 70. A boa aceitação do seu trabalho, bem como a necessidade de responderem aos muitos pedidos de actuações ao vivo, propulsionou a entrada de um novo elemento no seio do grupo - Ricardo Barbosa (voz, guitarra) -, garantindo-lhe um som mais coeso. Integraram as compilações "Bandas de Garagem" e "Termómetro Unplugged", ambas de 1996. Nunca editaram comercialmente nada em nome próprio, o que acabou por gerar a desagregação do projecto. Garcêz integrará mais tarde o projecto "Sally Lune" e Nuno Norte fez parte - após ter vencido o concurso televisivo "Ídolos" da SIC - dos Filarmónica Gil, conjuntamente com João Gil (Trovante) e Rui Costa (Silence 4). Recentemente, a banda reuniu-se para dar um concerto. para o efeito, convidaram Tiago S. (guitarra). Como a reunião resultou, decidiram reformar o grupo, gravando cinco novos temas e divulgando a maquete a que deram o nome de "What EP".

DISCOGRAFIA


BABY KICKS [Tape, Edição de Autor, 1992]

WHAT EP [Edição de Autor, Tape, 2006]

COMPILAÇÕES


TERMÓMETRO UNPLUGGED [CD, BMG, 1996]


GARAGEM [CD, Garagem Records, 1996]

PRESS
Mãos Cheias de Canções, Jorge Manuel Lopes, Blitz nº 610 de 09-07-1996

2 comentários:

Anónimo disse...

Não se arranja um mp3 das compilações?

Carlos disse...

Eu tenho o CD novo e original